27 de novembro de 2011

Caçarola de feijão branco, bem coradinho!

Cá em casa, coisas simples costumam ser um agrado e tanto.
Sem frescuras ou firulas... o bão e véi feijãozim é batuque certo na cozinha!
Com uma boa batuta é só dar o compasso certo nos temperos...
botar molejo no mexido da panela... e com ritmo e jeitim
... ver cor no lampejo do feijão, o dito branquim.

Caçarolinha fumegando de feijão branco... curtido nos temperos
misturado com linguicinha e bacon até ficar assim... coradim...
deixa meus queridinhos numa alegria imensa.


" Eu queria que você ficasse
do tamanho do pezinho de feijão
Pra lhe dar milhões de beijinhos
E lhe apertar bem junto ao coração
Pra ser a minha eterna criança
tão alegre a brincar, e para sempre
inocente pra jamais deixar de sonhar...


Mas o tempo vai passando
E depressa vai voando,
Vai levando o meu menino
Já não sou mais seu héroi
É que o tempo vai passando
E depressa vai voando
Só te peço ó Pai bondoso
Toma conta do meu moço
Que o sorriso de criança volte
Sempre me abraçar...


Pois parece que foi ontem
Que voce chorando veio me contar
Que cai lá na calçada
Queria um beijo pra poder sarar
Tudo isso vou lembrando
São coisinhas tão normais
Fico triste só pensando
Que esse tempo não volta mais. "


Caçarola de Feijão Branco... Coradinho!

Feijão branco cozido e linguiça frita em rodelinhas. Reservar.
Em uma panela de fundo mais grosso frito pedacinhos de bacon,
depois acrescento alho picado,
cebola picadinha, mexo e deixo refogar.
Adiciono tomate bem picado, mexo e acrescento o feijão.
Vou temperando com sal, pimenta moída na hora, cebolinha,
coentro e deixo apurar mexendo algumas vezes.
Adiciono um pouco de colorau e umas 2 colheres de polpa de tomate.
Se necessário, vou pingando água para deixar o feijão curtir no tempero,
mas tento o cuidado de deixar sempre cremoso.
Misturar as linguicinhas e mais cebolinha verde.
Aqueço a caçarola para servir.


Receitinha de roça, viu cumadi?! É só carregar no carinho e tá bom demais!
Um boa semana para todos!

Um bejim!
=)
Nota:
Música: Pezinho de feijão - Fernando Iglesias

25 de novembro de 2011

Muffins de abóbora e especiarias - ô Míingeráis!

Eu nasci no celeiro da arte
No berço mineiro
Sou do campo da serra
Onde impera o minério de ferro


Eu carrego comigo no sangue
Um dom verdadeiro
De cantar melodias de Minas
No Brasil inteiro


Muffins de Abóbora com Especiarias

2 ovos grandes
1 1/2 xícara (chá) farinha de trigo
1/2 xícara (chá) açúcar (se preferir use mascavo)
3 colheres (sopa) óleo
3/4 xícara (chá) de
buttermilk*
1 xícara (chá) de purê de abóbora
1/2 xícara (chá) de nozes picadas (ou castanhas)
1 pitade de: canela em pó, cravo em pó, gengibre em pó, noz moscada e sal
1 colher (sopa) fermento em pó

Modo de preparo
Cozinhei a abóbora no vapor. Amassei e deixei reservado.
Em uma vasilha misture os ovos, açúcar, buttermilk, óleo, farinha, especiarias e purê de abóbora.
Agregue tudo e por último acrescente o fermento em pó.
Coloque a massa em forminhas e asse por cerca de 20 minutos.
*Buttermilk: Esprema 2 colheres (chá) de suco de limão e acrescente leite até completar
3/4 de xícara de chá. Misture e deixe reservado por 15 min.
Receita: Da amiga Laurinha.


Sou das Minas de ouro
Das montanhas Gerais
Eu sou filha dos montes
Das estradas reais


Meu caminho primeiro
Vi brotar dessa fonte
Sou do seio de Minas
Nesse estado um diamante.

Tem horas que bate uma saudade dos amigos distantes, da família e da terra da gente, né?! =}
Um bolinho com gostim de roça, cafezim na caneca... ouvindo uma boa moda de viola
me alegra e devolve o sabor... nos dias cansados e de pensamentos distantes...

Ôô trem mineiro bão!! ... cáaba não, sô! =]

Obrigada pelas visitas amigas, do carinho nos contatos... a vida anda mesmo atarefada,
por isso a ausência.

Um bejim!
=)

24 de novembro de 2011

Sementes de Chia - Alfarroba

Estava a procura da Chia e da Alfarroba (tão falada por nossas amigas portuguesas)...
Dei um pulinho em Sampa e passeando no Shopping Tamboré, encontrei na Mundo verde.
Vou deixar as informações valiosas para a saúde, tá?! Depois venho com as receitinhas...


Chia

Chia é a palavra maia para designar força. São umas sementes pequeninas pretas, brancas ou acinzentadas, cultivadas desde 2600 a.C., considerada por muitos especialistas em nutrição um superalimento da natureza. Estas sementes são originárias da planta do deserto Salvia Hispanica, da família da menta, no sul do México.
São encontradas em países como o México, Argentina, Bolívia, Guatemala, Peru e Colômbia.

Na Era Pré-Columbiana, as sementes de chia eram um componente das dietas astecas e maias, e era utilizada pelos guerreiros como fonte de energia, representava a ração de sobrevivência. Duas colheres de sopa destas sementes conseguiam sustentar um guerreiro que marchava durante 24 horas. Os astecas pagavam os seus impostos com estas sementes que eram, também, usadas como moeda.

Características nutricionais:

Suave sabor de castanhas.
Possui mais fibra que a aveia.
Excelente fonte de fibras alimentares solúveis (80%) e insolúveis (20%).
Cada porção de 25g contém 6,9g de fibras.
É a maior fonte natural de ômega 3, além de proporcionar energia de forma rápida e duradoura.
Possui mais ômega 3 do que a linhaça.
Possui 5 x mais cálcio que o leite.
Possui 3 x mais ferro que o espinafre.
Possui 2 x mais potássio que a banana.
São uma fonte de proteína completa, fornecendo todos os aminoácidos essenciais de que precisamos.
Não precisa ter sua casca quebrada ou ser moída para ter seus nutrientes bem aproveitados pelo organismo.
É tão rica em antioxidantes que pode ser estocada por longos períodos sem rancificar.
Seus antioxidantes (ácido clorogênico convertido em ácido caféico) estão associados a diminuição da incidências de doenças crônicas degenerativas como obesidade, diabetes, hipertensão, etc.
Fonte de cálcio, fósforo, magnésio, manganês, cobre, ferro, molibdênio, niacina e zinco.
Não contém glúten.

Benefícios:

- Ao coração: Auxilia na manutenção do colesterol e controle da glicose no sangue.
- Atua no controle da pressão arterial
- Manutenção e perda de peso.
- Diminue o apetite, devido ao seu grande teor de fibras e enorme capacidade de absorção de líquidos.
- A capacidade de formar gel no estômago e intestino confere propriedade de diminuir a velocidade e quantidade de açúcar e gordura absorvidos.
Fonte: Grings


Alfarroba

A alfarroba, ou carob em inglês, é o fruto da alfarrobeira, uma árvore selvagem, nativa da costa do Mediterrâneo. O nome "alfarroba" deriva do vocábulo árabe al kharoubah.
A alfarroba é uma vagem comestível, semelhante ao feijão, de cor marrom escuro e sabor adocicado, que mede em torno de 10 a 20 cm de comprimento e demora em torno de um ano para amadurecer. Dentro dessa vagem encontram-se de 10 a 16 sementes, ou quilates, que na antigüidade eram utilizados pelos mercadores para avaliar o peso das jóias, em razão do seu pouco peso e uniformidade, de onde vem as palavras "karat" e "kilat".

Atualmente essas sementes também são utilizadas na indústria de alimentos na produção de gomas e espessantes. O pó que é utilizado para substituir o cacau é derivado da polpa da vagem que é torrada e moída. Esse pó, contudo, possui expressiva diferença em relação ao cacau no conteúdo de açúcar e de gordura. Enquanto o cacau possui até 23% de gordura e 5% de açúcar, a alfarroba possui 0,7% de gordura e um alto teor de açúcares naturais (sucrose, glucose e frutose), em torno de 38 a 45%.

Valores nutritivos:

- Contém vitamina B1 tanto quanto o aspargo ou morango, a mesma quantidade de niacina do feijão fava, lentilha e ervilha, e mais vitamina A do que a berinjela, o aspargo e a beterraba. Possui ainda alto teor de vitamina B2, cálcio, magnésio e ferro, bem como um correto balanceamento de potássio e sódio.
- Não possui qualquer agente alergênico ou estimulante tais como a cafeína e teobromina presentes no cacau.
- Não contribui com nenhum tipo de glúten na ingestão de dieta e que possui propriedades antioxidantes. Reduz efetivamente a assimilação da ingestão diária do excesso de colesterol.

E você, conhecia?!
Espero ter ajudado, afinal, saúde é tudibão!

Um bejim!
=)

Notas:
1. Loja: Mundo verde (Shopping Tamboré - Barueri).
2. Sementes de Chia: Gring's.
3. Alfarroba: Carob House.
4. Post programado.

Dia de ação de graças - Thanksgiving day

Em todo tempo é bom ter um coração agradecido...
Hoje em particular, no dia de Ação de graças... sou grata a Deus por seus feitos
em minha vida e na vida dos amados.

Em momentos de perdas, enfermidade, dificuldades foi difícil encontrar razão, paciência
para não blasfemar e entender propósitos...
Pedir, receber, ser elogiado é fácil e confortável, mas, ser verdadeiramente grato
é um aprendizado.

A frieza no coração de muitos impede que vejam, sintam... pequenos gestos e toques.
Em tempos de bonança desfrutam, mas nos dias tempestivos é que a sensibilidade
aflora e conseguem enxergar o próximo.

" Em tudo dai graças... " - Efésios 5:20


Vivo alegre e celebrando ...

Por ter vivido momentos bons e ter crescido com os não tão bons.
Por ser quem eu sou... por viver a vida que Ele me deu...
e não passar os dias querendo viver a dos outros.


Sim, feliz pelo meu lado "
Amélia "...

Que me permite estar em casa, cuidar como um lar.
Viver em família, participar do crescimento e educação de minha filha... Ser esposa amorosa.

Me possibilita estar com a cozinha aberta, envolta com receitas, batedeira, assadeira, fouet e afins.


Grata pelo lado " Digital "...

Pelo qual me sinto útil. O trabalho na medida certa nos faz crescer e realizar sonhos.
Aperfeiçoar a cada dia... me esforçar me renova e escuto meu coração agradecer
pela saúde, pela atenção, pelos detalhes e por encontrar saída nos momentos de aperto,
de limitações.

Por unir o trabalho e o gosto... câmeras, note, fotos, flores e cores.


Realizada pelas conquistas e
Amigos!

Pelos próximos, os virtuais, os que se tornaram reais... mas principalmente pelos
"... amigos mais chegados que irmãos..." .

Deus, valeu demais! Obrigada!
Cumadi e cumpadi... Tamo junto, viu?! =]

Um bejim especial!
=)

23 de novembro de 2011

Bolinho com (amada) Amandita

Aqui... e essa chuvinha que vai e volta, hein?!...
Eu aproveito o frescor para colocar as artes em dia.
Para a merenda da tarde saiu uma fornada de bolinhos deliciosos.
E prá agradar meu querido que anda trabalhando purdimais....
não foi difícil... ama tanto os casulos de chocolate
que só fiz adicionar e misturar com coco em flocos prá ele ficar feliz da vida.
Bão, né?! =]



Bolinho com Amandita

Fiz a receita do Bolo super fofo.
No lugar do Nescau coloquei coco em flocos e para cada bolinho 1 Amandita - Lacta.
Levei para assar por 20 minutinhos.




Óia só... fico deveras feliz com a visita docês, viu?!

Um bejim!
=)

21 de novembro de 2011

Strogonoff de salsicha

Uma semaninha fora do ar... trabalhando, abraçando pessoas queridas,
cuidando da reforma parada por conta da chuva...
indo e voltando de cidades próximas e por aí vai...
Mas, nada como estar de volta para uma boa prosa! Ô coisa boa!!

Imagine...voltar de viagem, tempinho nublado e encontrar a despensa daquele jeito...
o meu jeito foi apelar para o prático e que agrada purdimais os cádicása: Lanche! =)



Strogonoff de Salsicha

1 embalagem de salsicha hot dog Perdigão
2 colheres (sopa) de margarina
1 cebola picada
200 g de cogumelos em conserva, cortados em lâminas
1 colher (sopa) de conhaque (opcional - não usei)
2 xícaras (chá) de polpa de tomate
2 colheres (sopa) de catchup
½ colher (sopa) de mostarda
sal a gosto
1 caixinha de creme de leite (200 g)

Modo de preparo
Sobre uma tábua apóie as salsichas e corte-as em rodelinhas. Reserve.
Em uma panela aqueça a margarina e doure a cebola. Junte os cogumelos,
o conhaque e a polpa de tomate. Deixe ferver por 5 minutos para que o álcool evapore.
Acrescente o catchup, a mostarda e tempere com o sal. Mexa, junte a salsicha,
aqueça por 5 minutos e desligue o fogo. Misture o creme de leite e sirva em seguida.

Notas:
1. Escolhi pão bolinha integral para o lanche.
2. Usei pouco creme de leite pq meu cumpadi não aprecia muito...=]
3. Receita: Perdigão.



Pelos e-mails e recadinhos nos dias off... pela preocupação de alguns sobre o
não fechar a cozinha (blog) e pelo carinho... Obrigadão!
Realmente os estudos, as viagens necessárias e a reforminha dependem de
dedicação, mas é assim a vida...
e sou feliz por tudo isso acontecendo juntim e misturadim mesmo!

Um bejim!
=)

13 de novembro de 2011

Feriado, esperado...

Depois de uma breve chuvinha... o sol ficou meio tímido...
as rolinhas bem juntinhas... aproveitaram a nossa grama para descansar.
Vamos seguir o bom exemplo... aproveitar o breve feriado para
ficar pertinho da família e do sogro querido...
É só um pulim na capitár, volto logo, tá?!


Bom feriado e descanso para todos!
Um bejim!
=)

12 de novembro de 2011

O natal e minhas singelas estrelas...

As pessoas têm estrelas que não são as mesmas.
Para uns, que viajam, as estrelas são guias.
Para outros, elas não passam de pequenas luzes.
Para outros, os sábios, são problemas.
Para o meu negociante, eram ouro.


Tu porém, terás estrelas como ninguém...
Quero dizer: quando olhares o céu de noite,
(porque habitarei uma delas e estarei rindo),
então será como se todas as estrelas te rissem!
E tu terás estrelas que sabem sorrir!
Assim, tu te sentirás contente por me teres conhecido.


Tu serás sempre meu amigo (basta olhar para o céu e estarei lá).
Terás vontade de rir comigo.
E abrirá, às vezes, a janela à toa, por gosto...
e teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu.
Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!


Agora...
Temos um céu estrelado na sala...
Um varal alegre e reluzente na janela principal...
Enfeites coloridos que divertem os ambientes...
Tudo pensando na nossa Pequena grande princesa e os amigos que cativou...
E algo mágico acontece quando entram em casa...
Logo olham para cima e começam a rir...
por causa das estrelas no nosso céu.

Um bejim!
=)
Notas:
1. Saint-Exupéry (O Pequeno príncipe).
2. Post programado.

11 de novembro de 2011

Bolo de fubá com iogurte e goiabada, prá merenda!

Aqui,
Meu jeitim mineiro
acredita demais que é...
TUDILÍINDO!
Indo ou vindo e ...



Bolo de Fubá com Iogurte e Goiabada

2 ovos grandes
1/2 xícara de óleo de canola
1 pote de iogurte natural
1 1/2 xícara (chá) de fubá
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 1/2 xícara (chá) de açúcar (usei 1 xícara)
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal
1 colher (sobremesa) de sementes de erva-doce
Pedacinhos de goiabada


Modo de preparo
Bata os ovos levemente. Coloque todos os ingredientes numa tigela, exceto a goiabada.
Bata bem até ficar bem misturado. Acrescente o fermento e dê mais uma mexida, sem bater,
mas para dissolver bem o fermento - acrescente a goiabada e misture levemente.
Despeje a massa numa forma, untada e polvilhada com farinha ou com açúcar e canela.
Leve ao forno por cerca de 35 minutos.

Notas:
1. Bati os ingredientes no liquidificador (exceto o fermento e a goiabada que misturei depois).
2. Usei a marmita de alumínio como forma.
3. Dica: Para a goiabada não descer, misture na farinha de trigo.
4.
Receita: Da nossa amiga e cumadi Akemi - Pecado da Gula.





TUDIBÃAO!
Agradar os
amigos
em qualquer ocasião!

Por isso que mesmo um cadim ocupada por conta da labuta...
penso na cumadi e no cumpadi na hora da merenda.
E carrego sempre que posso uma marmitinha com um bolinho...
que tem um cheirim de fugãodiilenha minêro e desenrola uma boa
prosa em qualquer lugar.

Um bejim pruzzamigo tudim!
=)
Nota:
Post programado.

10 de novembro de 2011

Marmita - Orna purdimais

Linda gérbera que meu cumpadi me deu... esperei e se abriu em formato de coração...ownn
Lançar a semente do carinho na família nunca é demais...
até a natureza se encarrega de te agradar... né?!

Se temos de esperar,
que seja para colher a semente boa
que lançamos hoje no
solo da vida.


Tem coisa que acho que combina outras não...
Desperdício, jogar dinheiro fora... e alguns pudores prá mim não ornam nadica.
Quando trabalhei em um estúdio perto de casa... era super flexível...
Mas, uma vez trabalhando na Paulista era impossível ir em casa para almoçar.

A maioria das empresas que contrata seu serviço, normalmente exclui da lista alguns
gastos... e o 'bandejão' é um deles...
Bancar condução, combustível, pedágio e alimentação... no frigir dos ovos...
tem que valer a pena, ou então fico em casa bordando.


Por isso qdo tenho que 'bater cartão' em clientes... a marmitinha é o que há!
Orna purdimais com boa alimentação e economia.
Sem os arroubos juvenis com vergonha disso ou daquilo...
depois dos 30 (facilita..rs)... aqui #avidadagente é assim... menos é mais!
Menos frescura... mais vida e dinheirinho no cofrinho =)

É só se adaptar ao contexto do lugar... e levantar cedo para preparar uma
comidinha caseira e uma bela merenda.
Claro, ganhando bem ou a pindura por conta da empresa... daí é só ter apetite, né?!=)
Comprei um pequeno refratário Marinex que vai ao microondas e facilita muito...
e a saladinha fica fresquinha na geladeira.


Na marmita:
Arroz parboilizado, feijão novo e vagem com ovinhos mexidos.
Para a salada:
Trio de alface, rúcula, tomate, cenoura, gergelim preto, azeitona e cebolinha
(temperar na hora com azeite e limão).
Levo embrulhada no paninho e um jogo americano de tecido.

Deixei a antiga de alumínio para o lanche com as amigas, trabalhando ou estudando.
Na próxima prosa trago com a merendinha, tá?!

Um bejim!
=)
Notas:
1. Textos: Cora Coralina.
2. Post programado.