20 de abril de 2014

As portas vão se abrir! - Almofada Menininhas na chuva



Minha amiga! Todas nós desejamos sempre uma vida melhor, dias ensolarados e coloridos... 
Porém, assim como a natureza passamos por mudanças no nosso tempo, nosso corpo... e há dias difíceis!
Temperaturas elevadas como o calor de discussões, muitas chuvas como as lágrimas que parecem nunca cessar... ventanias que sopram em meio a estiagem trazendo poeira que nos impedem enxergar, 
mais parecem aqueles momentos em que olhamos para todos os lados e não vemos solução.

E o sol causticante?! Aquele que faz a cabeça doer, que atordoa os pensamentos e confunde as emoções... 
Que falta faz uma sombra... um frescor, um refrigério, não é mesmo?!
Como muitos dizem que o tempo que está louco... parece que ninguém entende a estação que você vive! 
Porque é tão difícil para muitos entenderem o clima que está enfrentando...

Ventos contrários, mudanças climáticas drásticas, muitas temperaturas num dia só... humor oscilante.
Há um que passou por todas as intempéries, tempestades, secas no deserto, frustrações,
traição, injustiças e solidão... mas, perseverou! Se ninguém puder te entender, não se desespere...
O Cristo... do natal, da páscoa, da morte e da vida... Ele se inclina para nos ouvir ou enxugar nossas lágrimas.

Da mesma forma que o tempo muda e até o furacão passa... Na sua vida, a chuva vai ser um período para você olhar pela janela da sua alma, retirar aquilo que impede a água fluir... vencer o medo dos raios se acolhendo no abraço apertado do Pai. E breve, muito breve... o arco-íris vai te surpreender com
suas cores, sua alegria... com a esperança que será um tempo de bonança! Creia e não se entregue!


É madrugada
E outra vez você perdeu o sono
Final da estrada
Desabaram tantos planos, tantos sonhos


As lutas são demais
No teu rosto vejo lágrimas rolarem
Mas, filho, não desista de lutar
Porque eu estou contigo a toda hora


Eu sempre te amei
E andar sozinho nunca te deixei
Nos meus braços eu te carreguei
Por isso, filho meu, não pare agora


As portas vão se abrir
A tempestade vai passar
A vitória vai surgir
A tua benção vai chegar


Fui eu quem te escolhi
E nunca vou te abandonar
E nas minhas mãos você vai descansar


As portas vão se abrir
A tempestade vai passar
A vitória vai surgir
A tua benção vai chegar


Aromaterapia e Arte

Em uns dias de chuva no dias passados, aproveitei para bordar as menininhas abraçadas e a frase...
Costurei a almofadinha, enchi com plumante, lavanda e gotinhas de óleo essencial de lavanda. 
Depois de pronta, aproveite os dias de sol para apreciar a natureza e a tranquilidade.



Te desejo dias melhores!
Tenha uma linda semana...

Um bejim!
=)
Nota:
Música: As portas vão se abrir - Suellen.

14 de abril de 2014

Strogonoff de carne - Amehlinha... cantando coisas de amor!

Ah! Como eu era irritante!... correndo prá lá e prá cá, tentando ser perfeccionista, 
mania de organização, limpeza, de gente doida... querendo fazer mil coisas num espaço sempre tão curto...
Curta é a vida, minha amiga!... atualmente aprendo a passos lentos e leves a curtí-la com mais tempo!

Claro, depois de alguns percalços, tombos e momentos não tão agradáveis... meus olhos foram se abrindo. 
Entender isso, aceitar e buscar ajuda em todos os aspectos é vital. A terapia da qual eu era avessa tem sido 
o diferencial nessa mudança... para melhor, sim, eu sei.

Assim, vamos nos descontaminando de ensinos errados de toda uma vida, de frustrações, de inseguranças tolas, 
vamos amadurecendo e nos tornando pessoas melhores... para nós e para os outros.
Agora eu me permito descansar, respirar profundamente, colocar os pés para o alto... 
sentir a música e ouvir as batidas do meu coração... 
Pois se a gente não se cuidar... rapidinho ele para de brincar!

Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor


A minha gente sofrida
Despediu-se da dor


Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor


O homem sério que contava dinheiro parou
O faroleiro que contava vantagem parou


A namorada que contava as estrelas parou
Para ver, ouvir e dar passagem...


Strogonoff de Carne

500 g de carne (Sugestão: filé mignon, alcatra)
1 cebola ralada
1 dente de alho picadinho
2 colheres (sopa) de manteiga
1 colher (sobremesa) de óleo
1 colher (sopa) de catchup
1 colher (sopa) de mostarda
1 colher (chá) de molho inglês 
200 g de champignon (usei em lâminas)
1 lata de creme de leite
3 colheres (sopa) de conhaque ou vinho branco seco (não usei)

Modo de preparo
Corte o filé mignon em tirinhas, e tempere com sal. 
Em uma panela, doure a cebola na manteiga e óleo.
Junte a carne, e deixe refogar, adicione, o catchup, a mostarda e o molho inglês, 
deixe refogando até formar um caldo. 
Deixe a carne cozinhar até ficar bem macia, e o caldo reduzir. 
Adicione o champignon. (Polvilhei um cadim de orégano pq a filhota gosta!)

- Fiz algumas pequenas alterações que escrevi logo na frente dos ingredientes. 
- A Receita deliciosa que agradou demais cá em casa foi ensinada pela minha 
cumadi Josy! Ela é uma querida e ensina tudo com muito carinho!
Obrigada, amiga!=}

A moça triste que vivia calada sorriu
A rosa triste que vivia fechada se abriu


E a meninada toda se assanhou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor


O velho fraco se esqueceu do cansaço e pensou
Que ainda era moço pra sair no terraço e dançou


A moça feia debruçou na janela
Pensando que a banda tocava pra ela


A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu
A lua cheia que vivia escondida surgiu


Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar cantando coisas de amor


Arte e Aromaterapia

Em um tempo desses que tirei para mim... resolvi fazer um agradinho para o roçado...
Bordei minha Amehlinha! É muito amor, gente!=}

Costurei a almofadinha, enchi com plumante, pinguei gotinhas de óleo essencial de Lavanda 
e enchi também com lavandas para acalmar ainda mais...
Um lacinho para pendurar.

- Agora falo pra filha... 'não faça bagunça pois mamãe está te olhando, hein?!' hahaha!
É muito bom ter tempo para se divertir com pequenas coisas... experimente!

Um bejim!
=)
Notas:
1. Receita: Strogonoff de carne - Cozinha da Josy.
2. Música: A banda - Chico Buarque.