27 de setembro de 2014

Inspire! Primavere-se e expire!

Não... não foi sempre assim... há um  tempo atrás eu misturava (e muito!) as estações.
Uma aparência calma, mas o dedinho ligado na tomada...

O verão com sua correria quente, raios de estresse, pensamentos que esquentam a cabeça... 
Adentrando o inverno com a frieza da tal falta de tempo, o vento forte das atitudes, 
a noite escura dos problemas. Sem perceber estava no outono, uma secura que cansa, 
folhagem caindo por falta de lazer, a introspecção típica da época.

Mas, é bom quando a vida ensina e a gente consegue... com calma, aprender. 
É um exercício, uma lição de casa que deve ser feita todo dia. Assim como no período escolar!
Me dei um tempo neste mês. Precisava alinhar os pensamentos, orar a Deus pedindo sua 
direção para as decisões da vida. Respirar, meditar... alimentar corpo e alma!
Agora voltei... pra começar desfrutar a nova e certa estação!

A falta de respeito com a natureza certinha criada por Deus, tem interferido no clima, nas águas,
nas colheitas. A falta de respeito com você, também causa transtornos, distúrbios, doenças.
Não adianta correr, tentar abraçar o mundo, carregar os problemas dos outros nos ombros...
faça tudo com carinho mas dentro de suas possibilidades e entregue a Deus as demais.


Quando entrar setembro
E a boa nova andar nos campos
Quero ver brotar o perdão
Onde a gente plantou
Juntos outra vez


Já sonhamos juntos
Semeando as canções no vento


Quero ver crescer nossa voz
No que falta sonhar


Já choramos muito
Muitos se perderam no caminho
Mesmo assim não custa inventar
Uma nova canção


Que venha nos trazer
Sol de primavera
Abre as janelas do meu peito
A lição sabemos de cor
Só nos resta aprender!


" Aparecem as flores na terra, 
o tempo de cantar chega... "
 - Cant.2:12



Arte 

Fiz um saquinho para colocar flores e dar tchau ao inverno (Ah! Não se demore...).
Menina bordada recebendo uma cartinha da Primavera!

Um bejim!
=)
Nota: 
Música: Sol de primavera - Beto Guedes.

11 de setembro de 2014

Tropeiro de feijão de corda - Deus e eu no sertão!

{ Não tenho vergonha de mostrar a minha paixãaao... 
Uso bota e fivela e um laço na mão!
Monto em cavalo bravo, cantando música sertaneja e tocando meu violão! }
Aôoo lasquêera!... mundão véi sem portêra!!!

- Prosa

Já se passaram 'milianos' desde que me casei com um paulistano e vim morar na cidade grande. 
Gosto muito (muito mesmo!) de São Paulo, mas, não há como se acostumar com esse trâaansito, 
violência e poluição. Está cada dia mais difícil morar aqui... 
porque viver pra mim é oooutra história!

É por isso que tento manter dentro da 'selva de pedras' o meu 'roçado'... 
Sinto falta do interior, falta das pequenas gentilezas, da simplicidade e do contentamento
com poucas coisas... tendo em contrapartida muita generosidade, amizades verdadeiras e 
um farturão danado... horta, ervas, flores e frutos.

Deus tem o tempo certo para todas as coisas... e o meu tempo de pegar o estradão de 
terra rumo a porteira aberta uma hora vai chegar!

Não importa onde a gente mora...
porque o Lar é onde o coração está!!


♫ Nunca vi ninguém
Viver tão feliz
Como eu no sertão


Perto de uma mata
E de um ribeirão
Deus e eu no sertão


Casa simplesinha
Rede pra dormir
De noite um show no céu
Deito pra assistir


Deus e eu no sertão!


Das horas não sei
Mas vejo o clarão
Lá vou eu cuidar do chão


Trabalho cantando
A terra é a inspiração
Deus e eu no sertão


Não há solidão
Tem festa lá na vila
Depois da missa vou
Ver minha menina


De volta pra casa
Queima a lenha no fogão
E junto ao som da mata
Vou eu e um violão


Deus e eu no sertão! ♪


- Receita - Tropeiro com Feijão de Corda

- Aqui em São Paulo tem ótimas Casas do Norte, com produtos fresquinhos e à granel.
Fiz um tropeiro com feijão de corda.

Feijão cozido normal. Em uma panela grande fritei bacon em pedacinhos, logo depois 
acrescentei alho picadinho, cebola picadinha, folhas de louro e deixei levemente dourar.
Juntei o feijão (sem o caldo), temperei com sal, pimenta e coentro picadinho.

Em uma frigideira à parte fritei os ovos e a linguiça. Misturei ao feijão, acrescentei 
farinha de mandioca e farinha de milho.

- Servi nas mini panelinhas esmaltadas pra matar a sardáaadi de Minas Gerais e deixar
mais aconchegante o meu roçado aqui na capitáar!


Cês fica tudim com Deus, viu cumadi e cumpadi?!

Um bejim!
=)
Notas:
1. Produto: Mini panela esmaltada - Ewel Esmaltados.
2. Música: Deus e eu no sertão - Victor e Léo.

6 de setembro de 2014

Palavras mágicas: Mini cartaz, Potinho da felicidade, Journal e Sachê de alecrim!

- Mágica! Não me remete a magia, apresentações ou ilusões... 
Entendo como luz, bons momentos, cenas que nos abrem sorrisos, 
aquilo que faz nossos olhos brilharem!

- Palavra! A bíbliz diz que " A boca fala do que está cheio o coração " ... 
Palavras sentidas, ressentidas... alegres, ditas, benditas... 
Um coração partido chora palavras de angústia, amargurado lança flechas duras. 
Palavras uma vez proferidas não voltam vazias... podem voltar pesadas, cheias de fel 
ou podem voltar cheias de afeto como um abraço, doce como mel!

- Cá em casa:
Sempre deixamos recadinhos uns para os outros com mensagens, com apoio, com amor.
Há muitos anos tenho o hábito (e acho bom) de montar mini cartaz com frases de ânimo, 
autoajuda, amor. Salmos, versículos bíblicos, trechos de livros... 
que sempre fortalecem, trazem esperança e transmitem boas energias!

Coloco em portas, na parte de dentro de algum armário, dentro de gavetas ou livros.
Desta forma pode ser visto e servir de alimento para aquele momento, situação. 
Serve também para fortalecer uma ideia, um sonho... afinal, a palavra tem poder!
E tomo o cuidado de sempre renovar, ou por um desejo que sobe ao coração ou 
na troca de estações do ano.

" Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. " - Lam. 3:21


" Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato. "


- { Potinho da Felicidade }

No final do ano no facebook foi uma febre a ideia de escrever e colocar dentro 
de um pote (ou vidro), papeizinhos com aquilo que nos faz feliz no dia. 
Dessa forma, ao invés de só reclamar e ver coisas negativas, passamos a reconhecer 
que de bom nos acontece. Deixar guardado e ler no final do ano...

Fiz de forma diferente... 
Peguei essa caixa linda que minha cunhada Rosana fez pro meu marido, 
separei papel rosa para mim e a filha e azul pro maridoco...
Escrevemos nossas vitórias, felicidades, livramentos de cada dia e no final de cada
mês nos reunimos para ler cada papelzinho e celebrar a vida!



- { Journal - Memórias diárias }

Há alguns anos minha irmã me envia de presente um caderno com versículos 
bíblicos diários em inglês. Eles sempre falam de alegria, de força e motivação. 

A ideia é escrever somente o que te aconteceu de bom durante o dia, aquilo que conseguiu vencer, 
melhorar... e dizer sempre pra você que é capaz, que tem valor, que é importante. 

Autoestima é um presente e deve ser semeada e cultivada todos os dias!


- { Artesanato e Aromaterapia }

Inspiradas em palavras mágicas, que edificam... fiz esses sachês! Bordei: 
Faith [Fé] - Grace [Graça] - Hope [Esperança] - Joy [Alegria] - Love [Amor] - Peace [Paz].
Preenchi com plumante e perfumei com Óleo essencial de Alecrim!

- Indicação para o Emocional:
Clareia a mente, estimula a concentração e melhora a memória, antidepressivo, 
estimulante do córtex adrenal, revigorante em casos de exaustão nervosa.

Pendurei nas maçanetas das portas para serem abertas com o aroma do alecrim,
seus benefícios e com palavras que abram também as portas do coração!












Cumadi e cumpadi!

Que as boas palavras e seus significados inundem sua vida, sua alma, 
sua mente e seu coração!

Um bejim!
=)

2 de setembro de 2014

Gatinho com lavanda, o bom perfume da amizade - Goiabinhas e doce leitura!

Das alegrias que a internet me proporciona... fazer amigos!

Morar em uma capital como São Paulo, não trabalhar fora, dificulta o tête-à-tête  
por vezes no mundo real. No facebook conheci pessoas queridas, estreitei laços 
com outras e isso foi muito especial em um período de igual forma especial, 
no sentido de aprendizado que vivo.

Cláudia Espinoza uma artesã carioca talentosíssima na arte sacra dos Divinos 
(de alma mineira da Estrada Real). Sempre se lembra de mim com mimos, bordados 
belas imagens... e foi assim que vi esse gatinho fofo purdimais!
Me apressei em fazê-lo... costurei, deixei de banho tomado com cheirim de lavanda...
minha filhota fez a flor de fuxico e de noitinha... fui bordando. 

A lavanda me acalma e em cada pontinho eu agradecia a Deus por colocar pessoas especiais 
no meu caminho, que gostam de mim pelo que eu sou (não o que tenho), que me 
respeitam e que a distância não é motivo para esquecimento...
pois o coração é a morada! Thanks, God!=}


Pode ser que um dia deixemos de nos falar... 
Mas, enquanto houver amizade, 
Faremos as pazes de novo. 


Pode ser que um dia o tempo passe... 
Mas, se a amizade permanecer, 
Um de outro se há-de lembrar. 


Pode ser que um dia nos afastemos... 
Mas, se formos amigos de verdade, 
A amizade nos reaproximará. 


Pode ser que um dia não mais existamos... 
Mas, se ainda sobrar amizade, 
Nasceremos de novo, um para o outro. 


Pode ser que um dia tudo acabe... 
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente, 
Cada vez de forma diferente.


Sendo único e inesquecível cada momento 
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre. 


Há duas formas para viver a sua vida: 
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre. 


Biscoito Maxi Goiabinha

Para ver a receita com PAP clique aqui!
Com um restinho de massa e pedacinhos de goiabada surgiram também 'Goiabinhas'...
Que foram envoltas no açúcar com canela.





- Marido meu me deu o livro Seja feliz hoje da Helena Tannure. A leitura, a meditação e
o conhecer mais de Deus só edificam minha vida... pessoal, familiar e espiritual!
- E a combinação foi perfeita: Carinho, amizade, bordado, boa leitura e quitanda mineira!!

Uma semana rica naquilo que é valioso pra você! Seja feliz hoje!
Um bejim!
=)
Nota:
Texto: Amizade - Albert Einstein.