09/12/2014

Você tem fome, de emagrecer? - Bolsa bordada

Fome: s.f. Necessidade de comer.
A prosa de hoje é pra você que precisa entender como emagrecer... pra sempre.

Todos os obstáculos têm início em um lugar: Mente!
Nosso corpo é o reflexo físico das escolhas que fizemos ao longo da vida.
Para mudar, para transformar os erros cometidos em novas e corretas atitudes você tem 
que começar na sua consciência.

Eu só entendi que meu corpo pedia socorro "tarde". Ele me mandava sinais?! Sim, mas eu não entendia por ignorância (falta de conhecimento), imaturidade (achar que se é jovem pra vida toda) e a mais complexa de todas as informações... não eram sinais de uma doença física simplesmente e sim com raiz no psíquico, no emocional. Essa é a parte mais difícil de se entender, tomar consciência, aceitar e tratar.

Meu caso não era ganho de peso e sim perda... que resultou em anorexia nervosa.
O tratamento é o mesmo para ganhar ou para perder peso e vou ensinar aquilo que tenho aprendido e que tem transformado a minha situação. 
Venci  a anorexia, venci uma etapa, mas faltam outros obstáculos, outros problemas causados por erros e outras lutas que naturalmente virão, mas, estaremos mais fortes e melhores preparadas se começarmos agora!

Entenda... leva tempo, requer dedicação, persistência?! Sim!
Mas, o estrago não foi feito da noite para o dia, no final de semana, na festa do natal... "investimos" (mesmo que sem saber) durante anos no erro, 
o acertos vão começar e vão dar certo... mas há algo que precisamos aprender: Paciência!

Comer é uma maneira natural de se sentir feliz. Comer em excesso, não!

Você tem fome de quê?!



Comemos pois sentimos fome. 

Mas se isso acontece além, qual é o motivo?! Insatisfação. 
Quando conseguimos entender o que nos motiva a comer sem parar, sem fome ou o contrário, perder cada vez mais a fome, o desejo pelo alimento, 
algo está errado e não é com seu estômago ou com sua força de vontade... 
está errado com sua mente, seu emocional, seu coração!

Talvez você nem tenha conhecimento disso, ache que está 'aparentemente' bem. Porém, se começar a procurar, limpar gavetas, abrir armários trancados, baús esquecidos vai encontrar arquivos em seu HD que podem te surpreender, te machucar e arrancar casquinhas de feridas antigas.

A primeira pergunta é?! Estou disposta?!... e aí as demais surgem...
Tenho coragem? Quero mudar de verdade? Como pedir ajuda? Onde procurar?
Não adianta ir na banca e comprar a revista com a nova dieta, não vai funcionar a longo prazo posso te garantir!

A comida sozinha não pode te dar toda a satisfação que você precisa.
Ela vai encher seu estômago, mas não vai preencher seu coração, apagar aquela dor, consolar uma rejeição, sarar as frustrações, devolver o que te foi roubado... 
não vai, sinto muito! Eu entendi isso na pele.

Devemos nutrir dessa maneira:
- O corpo: Com alimentos saudáveis.
- O coração: Com alegria, compaixão e amor.
- A mente: Com conhecimento.
- O espírito: Com serenidade e consciência pessoal.


Muitas pessoas relacionam a comida com sua felicidade pessoal, mas, sem o devido controle, se elas não estão bem, curadas emocionalmente é o mesmo que entrar em uma roda gigante pensando que vai se divertir, brincar. 
E na verdade vai ser assim:

Alimentação normal -> Alimentação em excesso -> Ansiedade -> Vício alimentar

- Alimentar-se normalmente: É bom.
- Alimentar-se em excesso: Parece bom durante o momento, mas leva a resultados ruins a longo prazo.
- Ceder à ansiedade: Não é bom de jeito nenhum! De imediato surgem o remorso, a culpa e a frustração. 
- Ficar viciado em comida: Leva ao sofrimento, ao declínio da saúde e à total falta de autoestima.

Começamos a comer em excesso para compensar alguma falta.

Você tem falta de quê?!



Quem faz regime repete o que já não funcionou antes.

Se privar, comer ou beber aquilo que não se gosta pois a dieta te obriga... vai funcionar sim, pra vestir aquele vestido no casamento da sua amiga, porém não vai durar ou transformar seu corpo no ideal, saudável e feliz.

Você já não está bem dentro, por fora parece ainda pior, estressada, nervosa, frustrada, ansiosa, se sentindo a maior das criaturas, sem autoestima... 
Fazer regime pra te tirar o alimento, o doce, o lanche, a torta, o bolo recheado que mais gosta não vai melhorar!

Fazer a gente se sentir pior não funciona. 
Portanto, siga o próximo regime da moda se quiser. 
Somente quando entender que a satisfação é melhor do que se privar, 
os regimes drásticos não te tentarão mais.


Como posso me salvar?!

A resposta que te dou com base na minha experiência é a seguinte: 
Se você não resolver aos poucos o que está dentro, dentro do seu coração, dentro do seu subconsciente (coisas que nem imagina que te afetaram, ou não se lembra como fatos da infância...), dentro da sua mente, dos seus poros... não há como transformar o lado de fora!

Pode-se maquiar, cobrir com lindas roupas, fazer plásticas, mas no fim tudo isso vai ser em vão.
As pessoas olham o exterior, mas só você sabe o que se passa no seu coração, só você sabe o quanto é difícil viver a sua vida, sabe das suas dores, doenças e dissabores. 

Enquanto achei que psiquiatras e terapeutas eram coisas pra gente doida, mal sabia que me tornava uma! Louca de fato... 
sempre correndo, agitada, ligada no 220, perfeccionista, mania disso, mania daquilo... 
uma doente com o vírus do mundo moderno, que triste!

Meu conselho é: Procure um médico, não para se entupir de medicamentos, tarjas-preta, mas para saber se já existem doenças orgânicas causadas pelos problemas emocionais.
A doença da alma é silenciosa! Não a alimente mais com tristezas!
Vá, desabafe, diga o que sente e o que não sente, o que sabe e o que não sabe... busque ajuda, orientação.

Segundo passo: Busque uma terapia, um psicólogo. Fale de sua vida, a raiz do problema vai aparecer e você vai ter ajuda para enfrentar, para tratar e sarar as feridas que foram somente esquecidas.

Terceiro passo: Faça atividade física, sem precisar gastar, caminhe.
Movimente-se em aparelhos de parques ou alongue-se ao ar livre.

Comece devagar... mas comece!

Se tiver condições financeiras faça massagens para aliviar o estresse, faça yoga, liang gong, tai chi, muitas prefeituras disponibilizam em praças algumas atividades.

Faça orações, meditações, relaxe. Ouça boa música para alegrar e principalmente acalmar os batimentos cardíacos.

Comece a se reeducar na alimentação, não tire tudo de uma vez, mas vá substituindo e diminuindo aquilo que faz mal.
Hidrate-se!

Procure uma nutricionista se for possível, ela pode te ajudar muito dentro dessa nova realidade que está vivendo, com novos sonhos, novo foco, novos desejos e entendimento do que realmente aconteceu e está acontecendo.

Se não houver consciência não haverá mudanças definitivas!

E você só alcança consciência, entendimento a partir do momento que se conhece, que consegue conversar com o seu interior.
Neste momento uma nova realidade vai se abrir pra você e começará ser livre, livre para se aceitar, para se amar, para querer mudar, para não se torturar mais, não se ofender, não dar ao seu corpo aquilo que o maltrata, aquilo que agride. 

Você se respeitará e fará sem esforço que todos ao seu redor te respeitem também e se não quiserem, não farão falta!

Seja livre!



Algumas religiões não aceitam o uso de profissionais 
pois consideram que Deus pode curar.

Eu também acredito em Deus e acredito que Ele pode fazer todas as coisas, inclusive curar.
Mas, o mesmo Deus deu inteligência ao homem e o capacitou para o trabalho...
Um médico psiquiatra estudou para entender a mente e muitas feridas não tratadas se transformam em doenças físicas, em câncer, em gastrite, em úlcera, em insônia, em apetite desenfreado, em raiva, em desespero, em vontade de morrer, em vontade de explodir o mundo! 

Pessoas morrem, se matam, ferem os outros e muitas vezes nem sabem o que as levou tomar tal atitude. Cada caso é um caso, estude o seu, cuide de sua vida, de sua saúde e do seu jardim!
Trate-se! Se respeite e não permita viver sua vida somente pelo que os outros ditam, os outros vão achar.

Deus completa a boa obra! Deus faz novas todas as coisas e pode transformar tudo até lembranças e feridas mais difíceis, mas antes, você precisa dar o primeiro passo!
Creia, tudo vai melhorar! Com calma as coisas vão se ajeitando e você vai cuidar não somente do exterior, da vaidade, mas da alma linda que tem!

Demorou 2 anos (2013/2014) pra eu vencer a anorexia, com esses passos, com dedicação, com muito choro, vômitos, enjoos, fadiga... mas, a cura completa demora é um cuidado pra sempre que terei comigo e estou disposta a isso...
pois se eu não me amar primeiro ninguém o fará por mim!

Boa sorte, bons pensamentos, boas energias e muita fé em Deus!

Um abraço apertado!
Vinni

Artes, prosa e livro

- Bordei essa menininha com flores para a primavera, fiz uma bolsinha com costura reta e usei uma fita xadrez para a alça. Minha filhota tinha feito o fuxico para enfeitar.
A intenção é usar para levar livros, assim podemos descer no condomínio para ler nos bancos, tendo o cuidado de não sujá-lo.

- Indico o livro Você tem fome de quê? - Deepak Chopra, foi com base em seu ensinamento que surgiu a prosa de hoje. O livro por si só não te mudará, mas é uma ferramenta que ajuda a continuar dando passos para frente.


57 comentários:

Nati Lima disse...

Amehlia a sensação em ler seu depoimento , foi a mesma que tive ao escrever o meu sobre o transtorno de ansiedade. Parece que eu estava " me lendo " porém sobre outro tema , bem parecido por sinal. Admiro sua força em falar , lutar e lidar com isso. Minha cura foi bem nesse processo e muitas pessoas realmente pensam que não precisamos de ajuda , quando acreditamos em Deus , ou que é frescura.
Parabéns pelo relato e que vc continue forte pra prosseguir e ajudar quem precisa . Te admiro ainda mais :*

Rosinha Benvenga e Teresinha Putrini Bortolotto disse...

Oi Vinni,parabéns pela bela atitude que você teve em falar de seus problemas de saúde e. Com esse seu gesto. Muitas pessoas que estão passando por esse problema vão procurar ajuda bjs Rosinha

Adriana Ávila disse...

Lindo !!!!
É viver realmente é uma superação a cada dia :)
Por isso as vezes é preciso procurar ajuda quando não conseguimos enxergar o que está errado, vc tocou no assunto de precisar desacelerar, acho que essa parte é para mim, sou as vezes assim, fico organizando muito, procurando o que organizar, fazer melhor possível, e depois pode dar até o famoso TOC que a gente acaba exagerando em certos pontos...e isso acaba refletindo no nosso lar nas pessoas que amamos....
As vezes acontecer uma baguncinha e ou deixar algo fora do lugar faz parte kkkk to aprendizado prometo rs
Obrigada pelo lindo texto, tentei deixar comentário no blog da sua menina, e deu erro dps que escrevi um monte rs
Mande abraços a ela e que Deus continue a abençoa-la e toda a sua família que parabéns pela sua vitoria !
Porque aos olhos dos outros pode parecer fácil mas, sei que não é. Sair dos problemas as vezes parece muito difícil e uma ajuda é sempre importante !
super bjssssssssss


Dri :)

Lucia x disse...

Amehlia,
A cada dia que entro no seu blog, te admiro mais! Vc ja sabe que fico encantada com as suas postagens, mas, a de hoje foi realmente especial.
Seu depoimento me emocionou e me fez refletir. Temos que nos cuidar, nos amar. Cuidar do corpo e da alma, isso eh muito importante para nos e para os que estao em nossa volta! Concordo com todas as informacoes que deu sobre como cuidar do corpo. SE-mpre, o primeiro passo sera o nosso e Deus, com certeza nos fortalecera!
Amei!!! Amei!!!! Bjs e parabens pela sua forca e luta!!!! Que Deus te abencoe!

Conviteria D'Aline disse...

Adoro seus trabalhos, mas mais ainda suas fotos, são lindas e me inspiram muito.

Sobre o texto, na minha forma de pensar Deus pode curar de muitas formas, inclusive através das mãos de um médico.

Cuidar tanto da saúde física quanto da espiritual é necessário a todos os indivíduos.

Não é preciso dieta drástica, pois sempre são difíceis de seguir e nos causa muita tristeza, mas sim uma reeducação alimentar, hoje em dia já não tem mais jeito de comermos aquela comida tão natural quanto nossos avós comiam, portanto, devemos evitar ao máximo os industrializados, são eles a causa da maioria das doenças que nos acometem hoje em dia, pode acreditar. Todo mundo sabe o que faz bem e o que faz mal pra saúde não é preciso ir a um nutricionista para saber. Comer bastante legumes, verduras, frutas, carne branca e deixe os doces, massas e carne vermelha para comer fim de semana ou eventualmente durante a semana. Estas são minhas dicas, com certeza fazem a diferença e não é difícil seguir! xD

Beijos ♥

Paula Mello disse...

Adorei, Vinni!! Realmente sabemos aonde aperta o sapato mas poucas vezes temos a coragem de retirar a pedra... parece que a gente gosta de sofrer... será? rsrsr

Excelente reflexão, vou levar o link para dividir na fanpage. Acredito que muitas pessoas precisam ler algo assim para começar a pensar. Que seja assim, um começo. E pra mim tb!!

beijossss

cida silva disse...

Amiga querida que post maravilhoso. Concordo com tudo oque você escreveu entendo perfeitamente. Eu já fui obesa consegui emagrecer e hoje estou novamente lutando contra o exesso de peso. Mas já entedi que a mudança tem vir de dentro e que no meu caso a ansiedade gera a compulsão. Mas não é fácil controlar ainda mais com essa vida louca que temos hoje em dia. Mas estou disposta a viver um dia de cada vez caindo e levantando mas sempre em frente.obrigado por dividir sua experiência conosco tenha certeza que vai ajudar muita gente. Que deus te abençoe sempre bjs.

Vicentina disse...

Olá amiga
Sei bem o que está falando, tempos atras tive stress, foi uma época muito ruim, engordei muitos quilos
Acabei indo ao medico que me disse "você precisa acumular energia e não gastá-la" eu era ligada no 220 o tempo todo. Sempre que ia consultar ele me orientava e graças a Deus assim como você, consegui superar esta fase.
Mas a melhora veio mesmo depois que fiz uma regressão, fiz as pazes com o passado e hoje estou bem graças a Deus.
Parabéns pelo texto querida amiga, amei, parabéns também pela sua superação.
Tenha uma linda noite
Bjs

Izabel Augusta disse...

Lindo da sua parte publicar esse depoimento tão íntimo,
obrigada!!

Morar bem disse...

Vinni, fiquei impactada com o que escreveu, primeiro por dividir sua experiência tão íntima você que é sempre tão discreta e depois a forma que passa um ensinamento tão detalhado!
Por isso Deus te permitiu e está te curando, pra você falar abertamente com as pessoas. Conheço muitas doentes que não querem tratar e outras que não sabem o que estã acontecendo; a forma clara que nos passou vai ajudar MUITAS mulheres!!

Já está me ajudando em alguns pontos de stress que preciso frear. Obrigada por se abrir com suas leitoras! Te admiro mulher de coragem!!!!
Beijos, Lucinha, filha e a netinha

Anônimo disse...

Amiga, sempre oramos e torcemos pela sua recuperação e vimos todo o plano de Deus se cumprindo.
Que pessoas sejam alcançadas pelo seu testemunho!!
Bjs!! Heliete (Laura e Luiza)

Sheila Costa disse...

É uma mudança interna, aos poucos e com muita disposição!
Adorei o post!
Parabéns!!!

Gina disse...

Vinni,
Conseguir se dar conta de tudo isso (com ajuda de profissionais, é verdade) é um grande avanço na qualidade de vida. Fico muito feliz por você e sua família, pois todos saem ganhando.
Você é uma pessoa que gostaria de conhecer pessoalmente, embora saibamos que a energia positiva que podemos emanar ao outro independa da proximidade. Mas um abraço apertado e olhar nos olhos fazem diferença!
:)

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Vinni
Muito merecido seu prêmio Xícara de Ouro!!!
Bjm fraterno

Rosane Brandao disse...

Lindo o post Amehlia. As vezes é difícil reconhecermos que precisamos de ajuda e é muito bom ter alguém pra dividir as angústias e nos abrir os olhos.
Beijos

Beth Salvia disse...

Oi amiga (posso te chamar assim?). Sua fala coincidiu com algo que me ocorreu hoje. Há muito tempo compro roupas em lojas virtuais, incoscientemente pra não prová-las e nem me olhar no espelho, mas hoje saindo da universidade fui com umas colegas numa loja de departamentos, fingi que também estava como elas interessada em comprar roupas, peguei um monte e entrei na cabine, quando tiro a roupa levei um susto com a imensidão do eu corpo, sabia que a cada dia ganhava peso, mas como tinha abandonado a balança domestica, não tinha ideia como eu estava, fiquei tão chocada que não experimentei nenhuma das 8 peças, vesti minha roupa, sai dali e disse que não gostei de nada. Minha vontade era ir ao banheiro e vomitar tudo o que tinha almoçado, ,as enquanto elas pagavam a conta, ao invés de chorar, me olhei de novo em um espelho e me perguntei como é que uma mulher tão inteligente, elogiada e admirada por alunos, colegas, amigos, filhos, que gosta de toooodos legumes, hortaliças e frutas, como é que eu cheguei a esse estágio, o que estava me faltando na vida? O que eu estava escondendo de mim mesma? Pela primeira vez não pensei em começar uma dieta, pq ja comecei mais de 20, nenhuma deu certo, cheguei a fazer 1 ano de terapia e quando resolvi me dar alta por conta propria, voltei a estaca zero, sinceramente não aguento mais, to muito triste hoje, mas quero resolver meu problema psicólógico, talvez psíquico urgentemente, agora não apenas pela estética, mas pra lavar a alma. Vou comprar o livro, vou pensar melhor no meu caso, vou me amar, desculpa amiga o desabafo

Bell disse...

Aquele que começou a boa obra é fiel para cumpri-la!!

bjokas =)

Adelaide Araçai disse...

Adorei seu texto, concordo com vc. Aqui tenho problema de ansiedade e 25 kg a mais, estou na fase de observação e controle, já emagreci 5 quilos, apenas comendo de forma consciente e caminhando durante os momentos mais tensos.....estou literalmente "fugindo" do problema...rsrs Quando percebo que estou com boca nervosa, saio sem dinheiro e começo uma caminhada para arejar a mente.... E assim estou obtendo o resultado que antes só conseguia com medicamentos. Ah! a alimentação, reduzi a quase zero os industrializados, investi nas frutas (sem contar calorias ou quantidades) e quando tem uma festa ou desejo de algo calorico, como sem peso na consciêcia. No dia a dia a alimentação em família é saudável e feliz e todos estamos cuidando da saúde física e mental.

Obrigada por partilhar. Vou buscar esse livro.


Abraços

Lylia Diógenes disse...

Oi Vinni,
Muita gente deveria ler esse text.Muitas reflexões e verdades que precisam ser conhecidas.
Fico feliz que você tenha superado tudo isso.Com a ajuda de Deus tudo é mais fácil.
Bj,
Lylia

Andrea Bitencourt disse...

Vinni, que texto perfeito!
Em primeiro lugar, meus parabéns por ter vencido um inimigo tão poderoso quanto a anorexia...Imagino que tenha sido uma luta e tanto!
Além dos complexos, acho que a discussão é muito maior...o mundo está cheio de preconceitos e esteriótipos que acabam nos deixando em uma prisão...aí, qualquer pequena insatisfação pessoal acaba virando um turbilhão de problemas!
Beijos!!

Nilva Fagundes Dias disse...

Adoro seus textos Amehliadigital Vinni, sua sinceridade para mim é inspiradora. Devemos nos espelhar e seguir seu exemplo é difícil, mas nunca impossível, nós nos sabotamos e só depende de nós uma mudança. Parabéns adoro seus bordados.

Tatá disse...

Foi tão confortador entrar aqui e ler esse texto, pois costuma ser um processo tão silencioso. Desde o final do ano passado venho em um processo lento de emagrecimento, porque decidi levar uma vida mais simples e saudável. Até agora foram 10 kg. Com um certo sacrifício, sem dúvida, mas com passos seguros. É como você falou,mudanças permanentes se fazem de dentro para fora. Acho válido perfis fitness, mas não consigo me aproximar dessa atmosfera de obrigações. Prefiro me alimentar dessas trocas reais, onde as pessoas erram, acertam, seguem em frente. Bjos.

angela disse...

li emocionada e senti um orgulho danado da sua força. cuide-se, ame-se e vida longa! beijos

Rosaria Amorim disse...

Querida Amelia! Eu amei a sua postagem! Eu não tenho este problema, a anorexia nervosa! Mas eu percebi a um tempo atrás que eu não estava vivendo para mim mesma,eu trabalhava sem parar, e eu não estava observando o mal que eu estava causando ao meu corpo e ao meu espirito! Vivia ligada em 220 como você mesma citou no post, não prestava atenção nem mesmo ao que eu comia,trabalhava,trabalhava e trabalhava! Eu almoçava andando, lanchava andando, fazia o desjejum ligada no computador, engordava, emagrecia sem fazer regime nenhum, coisas que só fui notando com o tempo... Ahhh, o tempo, como ele é cruel, de repente eu me vi cheia de problemas de saúde, problemas psicológicos, dores sem motivo, tristeza, fiquei com depressão, a auto estima lá no chão, e comecei a minha luta fazendo um tratamento durante dois anos, e graças a Deus eu já me livrei dos remédios antidepressivo. Eu fazia atividade física parei, ainda não tive força de vontade para voltar, mas pretendo. Mas neste espaço de tempo a minha profissão de Cabeleireira ficou para trás, eu por causa das dores não consegui mais trabalhar pois adquiri LER (Lesão por Esforço Repetitivo). E com isso eu parei com a minha profissão, mas não dei descanso ao meu corpo, depois de um longo período, com este processo todo eu comecei a me observar, e encontrei onde estava o meu problema. Eu tenho me corrigido, não tento mais correr contra o tempo. Você acredita que eu não durmo durante o dia com medo de perder tempo? Você acredita que a noite eu durmo muito tarde para não perder tempo? E eu só percebi estas coisas agora a pouco tempo, pretendo procurar um psicólogo, porque psiquiatra eu já fui e fiz tratamento com remédio, continuo somente com um tranquilizante, mas da depressão eu consegui me libertar, agora a ansiedade, a vontade excessiva de não parar nem um minuto, de trabalhar até o corpo não resistir mais, isto ainda é um longo caminho para mim percorrer. Mas eu consegui descobri onde está a chave desta coisa louca que acontece comigo. Se tem cura eu não sei, mas estou tentando com a minha fé em Deus, eu descobri que ser só um pouquinho relaxada faz um bem inacreditável a alma e ao corpo, e que eu não sou perfeita e nem tenho que provar isto pra ninguém. Um bj no seu coração.

cristina maria disse...

Parabéns pelo texto Vinni!!
Muito esclarecedor e reconfortante.
Em Cristo somos mais que vencedores.
Bjs.

Marcela Nunes disse...

Parabéns pela sua vitória Amehliadigital Vinni! Estou em busca busca de equilíbrio a tempos... não é fácil, porém espero um dia chegar lá! (Ler seu post me vez super bem! Obrigada por compartilhar este momento conosco )

Sara W. disse...

Querida,
Você é iluminada e faz a diferença na net. Sempre com uma boa mensagem, com boas energias e deliciosos aromas!
Seu texto de hoje me abriu os olhos para minha forma de alimentar, vou procurar um médico para ver os hormônios.
Gratidão!! Namastê!

Sara W. disse...

O bordado na bolsa ficou perfeito! Que linda escolha e o detalhe da alça ficou fofo.
Beijocas!!

piteis da dinha disse...

Teu post está maravilhoso e super estimulante, tenho certeza que muita gente vai se ajudar com ele.
Parabéns!
Bjsssss querida

Vou passar na filhota agora p/deixar bjssss especiais kkkk

Prata da casa disse...

Querida Amehlia: adorei ler o seu depoimento, bem sentido e ditado pela experiência.Nem sempre é fácil achar este equilíbrio de que fala,mas foi uma aprendizagem que fiz e que tento todos os dias trazer para a minha vida e melhorou significativamente o modo como encaro o dia-a-dia.
Parabéns pelo que tem conseguido.
Bjn
Márcia

Christiane disse...

Oi amiga! Q delicia de post! Amei! Vc falou tantas verdades e tantas coisas q na maioria das vezes, mais importante do que ouvir, precisamos sim aceitar. Mas amei ler este post! Pra mim ele serviu e muito!!!
Beijo grande em seu coração!
P.S.: amei o saquinho de livro!

Helena Compagno disse...

Amehlia, de uns tempos para cá notei uma mudança em seus posts, mais melancólicos. Fiquei imaginando que algo estava acontecendo. Mas que bom saber que está se tratando, sendo forte. Adoro seus posts, suas panelinhas, suas comidinhas, tudo delicadinho, pequenino... mas há horas que precisamos conversar, expor nossos fantasmas, não é? faz bem.
Acredita que sempre, sempre, que preparo um presente com pequenas guloseimas penso sempre em suas panelinhas, suas marmitinhas? elas me inspiram demais.
Obrigada pela visita no blog. Fiquei muito feliz em saber que esteve por lá.
Beijos e fique bem.

Helena Compagno disse...

Amehlia, de uns tempos para cá notei uma mudança em seus posts, mais melancólicos. Fiquei imaginando que algo estava acontecendo. Mas que bom saber que está se tratando, sendo forte. Adoro seus posts, suas panelinhas, suas comidinhas, tudo delicadinho, pequenino... mas há horas que precisamos conversar, expor nossos fantasmas, não é? faz bem.
Acredita que sempre, sempre, que preparo um presente com pequenas guloseimas penso sempre em suas panelinhas, suas marmitinhas? elas me inspiram demais.
Obrigada pela visita no blog. Fiquei muito feliz em saber que esteve por lá.
Beijos e fique bem.

Denise disse...

Bom dia, querida amiga!
Muito obrigada pela visita e pelo carinho! Realmente, agora preciso de um tempo. E, neste tempo, quero fazer tanta coisa que não pude, que só de pensar fico cansada de novo. Preciso saber me controlar. Quanto ao seu artigo, por sinal muito interessante, é verdade: para emagrecer o corpo é preciso primeiramente emagrecer "a cabeça", tomar consciência e aceitar a maneira correta de se alimentar. Este é o primeiro e mais importante passo!
Amei o bordadinho, como sempre muito meiguinho! Você é um doce!
Bjs e ótimo final de semana!
http://dedeartes-denise.blogspot.com

silvioafonso disse...

.

Gostei do seu trabalho,
vou seguir seu blog.
Se gostar, siga, também
o meu.

Beijos,





.

Júlia Albuquerque Vieira disse...

Amehlia,
Leio-a sempre pois recebo em meu pc seus comentários e adoro, geralmente não comento pois vejo que tem sempre muito pessoal , mas hoje não consegui ficar quieta, adorei o seu post, fabuloso, eu preciso mesmo de emagrecer e as suas palavras deram-me um alento fantástico, vou imprimir e pôr aqui na porta da geleira, será que se importa que eu o ponha no meu facebook para ajudar outras mulheres, mas só com a sua licença, evidentemente com os seus créditos.
Seja muito feliz e que o Pai continue a dar-lhe essa capacidade de nos levantar a autoestima.
Beijinhos
Júlia (aqui em Lisboa)

Júlia Albuquerque Vieira disse...

Amehlia,
Leio-a sempre pois recebo em meu pc seus comentários e adoro, geralmente não comento pois vejo que tem sempre muito pessoal , mas hoje não consegui ficar quieta, adorei o seu post, fabuloso, eu preciso mesmo de emagrecer e as suas palavras deram-me um alento fantástico, vou imprimir e pôr aqui na porta da geleira, será que se importa que eu o ponha no meu facebook para ajudar outras mulheres, mas só com a sua licença, evidentemente com os seus créditos.
Seja muito feliz e que o Pai continue a dar-lhe essa capacidade de nos levantar a autoestima.
Beijinhos
Júlia (aqui em Lisboa)

Nequéren Reis disse...

Postagem maravilhosa arrasou amei o seu depoimento, muito bom
Tenha bom final de semana, Curta e siga o meu canal
https://www.youtube.com/user/NekitaReis

Nice e Ana, temperado com carinho... disse...

Que bom amiga sempre estarmos superando obstáculos, lindo bordado, bjs e um fds abençoado

Lucia Haddad disse...

Eu comentei sua postagem! Vc poderia verificar se ainda esta na moderacao, por favor?
Bjs e uma noite de paz!

Amehlia Digital ® disse...

JÚLIA VIEIRA:

Te respondi por e-mail.
Fiquei feliz com seu comentário e pode sim dividir com suas amigas, tá?!=}


LUCIA HADDAD:

Sim, minha amiga!
Eu demoro ler, pois gosto de ter tempo pra ver cada palavrinha!

Bejim!!

Eliane Lima disse...

Adorei sua prosa serviu bastante beijos e um bom findi beijos Eliane Lima

Viviana disse...

Adoei sua postagem, com sua própria experiência!
Ótima semana

Viviana disse...

Adoei sua postagem, com sua própria experiência!
Ótima semana

Luciana F. Damiano disse...

Oi!!
Muito obrigada pela sua visita e comentário.
Adorei esse texto, vou indicar.
E seu bordado é lindo demais, parabéns!!
bjs

Kátia Brito disse...

Minha querida amiga!
Confesso que estou meio zonza com tudo que li,mas também muito feliz...Fico muito orgulhosa em ter você comigo,essa atitude que teve em se mostrar de forma tão íntima e ao mesmo tempo,tão generosa,só faz aumentar meu carinho e respeito por você. Gostaria muito de poder te dar um abraço bem apertado e estar a mão, se precisar... Mas percebo que hoje você consegue se manter forte e determinada a vencer essa batalha, e vai vencer! E quantas pessoas,com essa sua atitude, não serão ajudadas?
Você é realmente muito especial!
Tudo que escreveu faz total sentido e vai ajudar a curar tantas outras mazelas,tantas vítimas dos tempos modernos, e doentios... E,olha, eu mesma me vejo precisando de ajuda! Está mais do que na hora de tomarmos uma atitude e tentarmos reverter esse panorama... Ainda meio atordoada,quero que tenha certeza da minha felicidade em poder partilhar com você mais essa vitória em tua vida. Continue firme, lutando, com fé e esperança, pois a vitória é certa. Continuo em oração por vocês e ,hoje,te admirando ainda mais.
Fique bem,dê um beijinho na Nath e tenha uma semana muito feliz e cheia de luz, beijinhos, Katia.
PS: Lembrei muito de você lá em Minas,se pudesse teria te levado sim!
Beijim.

Coisas da Lívia disse...

Incrível seu post...muito escvlarecedor...já sofri muito poela neura do ganho de peso, para ter um corpo que não condiz com minha estrutura física e sofri muito com isso.,já tive bulimia seguida de horas de comilança para preencher um vazio que nao era fome...mas graças a Deus e minha nutricionista td tem caminhado bem!!

A proposito linda a bolsa bordada!!

Beijocas

Simone Felic disse...

Uns tempos atrás até pensava que eu tinha , mas não era só nervosismo normal , e depois eu conseguia me alimentar bem.É muito bom este texto e esclarecedor para quem sofre deste mal.
beijinhos querida.

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Fátima Oliveira disse...

Oi Amehlia !
Adorei o seu post, e compartilhar com outras pessoas os nossos "problemas e soluções" é sempre de grande ajuda, com certeza muitas pessoas se beneficiaram com o seu depoimento, amei.
Você é uma pessoal especial e sabe passar sempre algo de bom e positivo, te admiro muito.
Beijos!

Patty Rocha disse...

Maravilhosa postagem!! Li emocionada com sua experiência,posso imaginar sua luta contra a anorexia e tudo q é gerado como a ansiedade.
Muitas meninas e mulheres morrem por causa da anorexia e bulimia e precisam de ajuda!!

Deus te abençôe menina iluminada!!
Beijos!!

Vanessa Biali disse...

Ótima reflexão!
Verdade, acarinhar nossa alma, nos cuidarmos em busca do equilíbrio é tão libertador... A vida fica mais colorida, conseguimos ver alegria e sentido nas coisas cotidianas quando nos entregamos ao processo de uma vida com mais equilíbrio. Descobrimos que toda felicidade está no processo, toda felicidade está no dia-a-dia mesmo, no aqui e agora.
Parabéns pela reflexão linda! :)
E que lindas fotos!... Seu bordado é de encantar. Parabéns pelo trabalho!
Obrigada pelo seu comentário lá no blog.
Beijos,

Ana Carla disse...

Olá Amehlia!
Querida, glória à Deus que vc têm vencido isto!
Que bela reflexão a sua! Que esta postagem possa ajudar outras pessoas que estão passando por algo assim...
Sabe Amehlia, minha vida foi transformada por Jesus qdo me rendi totalmente à Ele, e com certeza Ele pode todas as coisas, e qdo falamos de doença... qualquer que seja, física, emocional... Ele é, e sempre será o médico dos médicos, pois foi comigo assim, falo isso pois sei do engano de vida que Jesus me tirou!
E Deus mesmo fala para sermos prudentes, e este ser prudente é qto a nossa saúde também, e Ele mesmo criou a medicina e para nos ajudar! Creio que devemos fazer o que está ao nosso alcance, o que não conseguimos entregamos na mão do Senhor e pedimos sua preciosa ajuda!
Beijinhos e Deus a abençõe ricamente!

Josy disse...

Querida Vinni seu depoimento tao sincero me emocionou muito, muito lindo da sua parte dividir suas dores conosco, e seria muito bom se todos que passassem por aqui levassem como reflexão de vida, uma grande lição. Amiga querida, quero aproveitar e deixar meus votos de um Feliz Natal e um Ano Novo Maravilhoso a você e toda sua família, com muita luz, saúde, paz e grandes realizações. Beijinhos, até a volta

Anônimo disse...

Oi Vinni!

Que lindo depoimento! Chorei ao lê-lo, pois me emocionei muito!
Obrigada por compartilhar com a gente!
Feliz 2015!
Muita saúde! Paz!

Um forte abraço,
Valéria Ferrer Gomes

Anônimo disse...

Para emagrecer, não existe milagre:reeducação alimentar e exercício.Para sempre e sem mimimi.Voilá!

Pierangele Medeiros disse...

Li seu post ontem e fiquei "mexida" com ele, pois tenho feito isso comigo a muitos anos e venho tentando suprir outras carências com comida e desde ontem me pergunto: tenho fome de que? e no fundo eu sei a resposta, mas como tudo tem sua hora... ontem vi que o carinho, a atenção, o respeito e principalmente o amor não virão junto com a comida em excesso que venho usando contra mim mesma... Obrigada, estou refletindo muito... preciso me cuidar... vou me cuidar...

Leda Soares disse...

Eu tenho o habito de ver os post que perdi dos blog até o último que eu havia lido e estou eu aqui viajando no seu e engraçado como me vi nesse post, eu tive um 2014 muito difícil, minha mãe adoeceu e faleceu, eu descobri vários probleminhas de saúde, inclusive gastrite, estou fazendo acompanhamentos médicos e hoje estava pensando em procurar um nutricionista e psicólogo, porque sinto que a maior causa dos meus problemas é de causa emocional, já tentei marcar mas por causa do fim de ano não dá, mas estou decidida a marcar o quanto antes, agora me encorajo mais ainda.
Valeu
Bjos