17 de maio de 2012

Torta de liquidificador - Frios, tipo bauru.

Não tá fácil pra ninguém!
Um monte de gente antes de mim correu pra acelerar a vida, as pessoas, a modernidade...
dizendo que tudo iria facilitar, otimizar e blábláblá!
No fim minha geração corre sem saber pq...
Corre pra pegar a condução, pra levar o filho no colégio, pra entregar uma encomenda,
pra fazer o almoço, corre pra chegar em casa e lembrar que não há mais tempo pra nada...
Resta tentar dormir pra acordar correndo no outro dia.
Parece fatídico, né?! Por isso temos o freio como opcional,
vamos aproveitando o moderno deletar...pra usar nisso e naquilo. E freio nas demais coisas.

A vida não passa rápido, ela voa!
Pare pra respirar, repensar e refletir se você está mesmo vivendo ou somente correndo.


Torta de Liquidificador - Frios, tipo bauru

2 ovos
2 xícaras (chá) de leite
1 e meia xícara (chá) de trigo
meia cebola
meia xícara (chá) de óleo
1 colher (sopa) fermento em pó
sal

Recheio:
Fatias de muçarela
Fatias de presunto
Requeijão cremoso
Tomate e cebolinha

Cobertura:
Muçarela (e parmesão) ralado
Orégano
Gergelim

Modo de preparo
Bater no liquidificador os ovos, óleo, leite, cebola, trigo e por último o fermento.
Em assadeira (ou refratário) untada e enfarinhada despejar um pouco de massa.
Por cima colocar o recheio, muçarela, presunto, tomate com cebolinha, requeijão e muçarela.
Despejar o restante da massa, distribuir os queijos e polvilhar com bastante orégano e gergelim. 
Levar ao forno por cerca de 30 minutos ou até dourar.

Notas:
1. Eu corto o tomate, retiro as sementes, rego com azeite e misturo a cebolinha picada. 

Se tiver um tempinho faça a torta mas o mais importante...
aproveite para estar perto dos seus.
Um bejim!
=)

"...tudo é vaidade. Uma geração vai e outra vem... 
De modo que não há nada novo debaixo do sol." Eclesiastes 1

21 comentários:

Sabor no Prato disse...

Hummm, que delícia de torta.

Um abraço, Fabiana.
http://sabornoprato.blogspot.com.br

Tami Fonseca disse...

Tem uma carinha ótima.
Bjinhus

Luisa Alexandra disse...

Uma grande verdade e uma excelente receita!

Guloso e Saudável disse...

Oi Vinni,
Acelerar ou pisar no freio é nossa opção, temos de acreditar nisso.
Só pelo nome da torta já é atraente, pelo grau de dificuldade e ingrediente ainda melhor, ficou linda e devia estar muito saborosa.
Beijo,
Vania

Raphaiola disse...

Cara, acho que vou virar uma bola só de ler as suas receitas!
:p


Papo Calcinha

Lu disse...

nosa q delicia.
ficou com uma cara ótima.
adorei
beijos
boracozinhar-lu.blogspot.com

°° Wênia Saldanha °° disse...

Adoreiii!Eu adoro torta salgada,mais nunca sai direito!Ja copiei e vou experimentar!
Bjsssss

*~* Coisas da Bruxinha *~* disse...

Mas esse blog tá muito lindo, parabéns,e o prato entao nem se fala, hummm , já deu fome e ainda nao almocei hehehhehe. Vou guardar a receitinha pra fazer,

bjs

leila

Lylia disse...

Eu acho que estou só correndo, Vinni! É terrível a sensação do tempo passar e a gente não conseguir fazer o que se propõe. Mas, vamos indo, tentando nos equilibrar e sermos feliz.Até com uma torta deliciosa dessas.
Bj,
Lylia

Ana disse...

Qué receta más deliciosa, me encanta!!!!
Besitos

Andréa disse...

QUERIDA VINNI,
GOSTEI MUITO DO QUE VC ESCREVEU, É BOM PARAR UM POUCO E REFLETIR, VEJO QUE O TEMPO ESTÁ PASSANDO RÁPIDO SÓ OLHAR P/ O MEU FILHO E PRA ME MESMA, VEJO O TANTO QUE O TEMPO ESTÁ VOANDO E TENHO TANTAS COISAS PRA FAZER, ESPERO QUE DÊ TEMPO ANTES QUE SEJA TARDE, ESPERO CHEGAR AOS 90 ANOS MAS SÓ DEUS SABE, RSRS.
A SUA TORTA FICOU TUDO DE BOM, FELIZ DE QUEM A COMEU, RSRS.

O FRIO AQUI EM BH ESTÁ DEMAIS!

FICA COM AS BENÇÃOS DE DEUS!
BJS ♥

Rose Marques disse...

Eu estava com esta sensação de que estava só correndo... acabei por definir...é isto mesmo...nem uma tortinha linda e gostosa dessas tá cabendo no meu "tempo"...
bjs

Turquezza disse...

O tempo não pára, ele corre muito ....
Faço umas receitas dessas, mas vou tentar fazer igualzinha a sua.
Beijos.

Luiza Mallmann disse...

Eita nós... vi a receita pela manhã, no face, e fiquei salivando o dia inteiro.. rs!

Beijokinhas,

Luiza Mallmann
decorarsustentavel.blogspot.com

Diana disse...

Olá, Amhelia!!

Adorei as palavras sobre correria, modernidade...pura verdade!!Se não desacelerarmos,vamos pagar caro!!Agora, moça rsrsr, que torta maravilhosa é essa, fiquei com vontade de correr para a cozinha e pôr as mãos na massa!!A massa está suculenta e bem amarelinha, como eu gosto rsrsrs. Bjs,Dy.

Julia Gabas disse...

Adorei a o texto e a torta ta linda! Vale muito a pena essa reflexão!
Beijos,
Julia
estarbemmelhor.blogspot.com

Paula...(Cotidiano de uma Amig@) disse...

Lanchinho de sábado à noite garantido!

E viva a praticidade!

Seu cantinho é um luxo! Parabéns!!

Abração!

Andrea Fregnani disse...

Wow, parece que esse blog tem aroma, dá pra sentir o cheirinho dessas delícias, parabéns,
bjs

Adri disse...

Oi, obrigado pelo carinho!
Não tem problema várias pessoas conhecidas tomarem o mesmo chimarrão, isso se a bonba(o canudinho, rrsrs) for de prata com a ponteira de ouro, ou se for de alpaca, e tem que sugar toda a água é claro, assim ele é servido.
Como faço para destivar as palavrinhas doo meus comentários???beijinhos!!

Shis disse...

Te conheci pelo blog CasaMila por causa dessa receita, e olha... é de dar água na boca!!

Beijos

Mãos de prata disse...

Esta sugestão é maravilhosa. Prática e deliciosa,de certeza, para levar para o trabalho. Hei de experimentar.
Bj
Márcia