02/05/2012

Encerrando ciclos

O texto é longo, não precisa ler agora... volte quando sentir necessidade de mudar, 
de encerrar uma etapa e se abrir para o novo que te aguarda, tá?! =)
Eu já fechei algumas portas, me desprendi muitas coisas e me despedi de pessoas...
facim, facim não foi, mas se tornou vital.
Quero ser sempre livre por isso escolho as mudanças, o novo. ♥



Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...

Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos.
Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.


Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais?
Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?

Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....

Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.

As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.

Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.

Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.

Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!

Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa -
nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.

Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.

Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és...

E lembra-te:
Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão!

Um bejim!
=)
Notas:
1. Obrigada Jane Oliveira, minha vizinha de facebook, por se lembrar de mim.
2. Texto: Fernando Pessoa.

23 comentários:

FELTRO POR MIM disse...

Um texto lindo e verdadeiro. Já faz algum tempo que aprendi a despedir-me, virar a página, deixar o passado no passado. Isso é doloroso, mas depois de se tornar comum na vida de quem vive mudando de cidade já não é mais tanto incômodo. Com tantas idas e nada de vindas aprendi a lidar com os ciclos que se encerram diante dos meus olhos, uns porque achei que era hora, outros por incapacidade. A incapacidade dói, mas eu prefiro enfrentá -la, cara a cara, olho no olho. A vida é assim, quem quiser saber mais da vida, tem que viver!
Vinni, qualquer outra etapa que vier em sua vida com certeza terá de você o máximo, pois é assim a Vinni ou a Améhlia, é isso que você transmite para quem está do lado de cá. Grande beijo!

Chocolate na Cozinha disse...

Oi Vinni,

simplesmente lindo.....

bjs,

Verônica

Yolanda disse...

Querida Amehlia, amei o texto, profundo e verdadeiro, tinha que ser Fernando Pessoa. Bjs e Felicidades sempre!!!

Guloso e Saudável disse...

Olá Vinni,
É um belíssimo texto, profundo, mas muito verdadeiro.
Beijo,
Vânia

Lourdes disse...

Oi minha amadinha, que texto lindo! Tão verdadeiro e encorajador para quem está em uma encruzilhada e precisa tomar novos rumos. Como é difícil tomar decisões que irão mudar sua vida radicalmente, mas que se faz necessário se quiser continuar plenamente vivo, pisando firme no dia que se chama hoje. Não sei o que ocorre contigo, mas tenha certeza você é uma pessoa "rara" muito lúcida, mas se foi somente uma palavra de inspiração, digo: estou contigo e não abro.
Bjs

Lourdes disse...

Ah! me esqueci de dizer...
linda imagem!!!!!Quando crescer quero ser como você hehe.

Outro beijim.

COLHENDO FLORES ENTRE ESPINHOS disse...

Tudo tem seu tempo...e quando a hora de encerrar chega, não adianta bater o pé...encerra-se
bjs

YES we Cooking disse...

Vivi, eu AMEI esse seu texto e está certíssima: guardar recordações e mágoas não leva a lugar algum. A vida tem ciclos e precisamos aprender a respeitá-los e aceitá-los. Afinal, quem vive de passado é museu né? rs
Beijos, Cecilia

Anônimo disse...

Olá Vinni!

Que texto lindo e verdadeiro! Adorei!

bejim

Nara

Cris Sousa disse...

Belissímo texto.
Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
(Eclesiastes 3:1)
Abraços.

Lylia disse...

Oi Vinni,
Já conhecia esse texto, mas relê-lo me fez refletir novamente.
Temos que saber a hroa certa de encerrar os ciclos.
Bj e boa semana,
Lylia

Renata disse...

Querida, aconteceu comigo há poucos meses e hoje me sinto exatamente assim,... Gostei muito desse post! Bjos e obrigada por compartilhar.

Mabi mathias disse...

Eu chorei.....

É tudo o que eu estou vivendo agora...tranformação de dentro para fora;difícil mas necessário.
Lindo texto amiga,falou direto ao meu coração.Deus te abençoe!

Larissa Toso disse...

Oi flor, achei seu blog e achei ele lindo. Parabéns pela sua determinação! Muita força na sua jornada! Sucesso! Beijos

ANDRÉA disse...

Flor, será que vc podia ver a minha receita lá no meu Blog e dar a sua opinião?????
Seria uma grande honra.

Obrigada
Andrea

Josy disse...

Que lindo texto Vinni, de fato é necessário sempre estarmos mudando,pra que sofrer por algo que só nos faz mal, mesmo que um dia tenha nos feito felizes. E como diz no texto, antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo. ótimo texto para refletirmos. Gostei muito. Beijinhos

Carolina Garrido disse...

Tenho os olhos cheios d'água. Obrigada por compartilhar esta belezura. Muita paz para todos nós.

Luiza Mallmann disse...

Belíssimo texto, Vinni!

Apesar de importante, nem sempre lembramos de seguir em frente, volta e meia remoemos, sofremos de novo.. muito bom conseguir sacudir a poeira e seguir em frente!

Beijinhos,

Luiza Mallmann
decorarsustentavel.blogspot.com

Jussara Neves Rezende disse...

Acabo de aniversariar... boa hora para refletir sobre ciclos que se fecham, sobre encarar o agora...
Bjim!

Marcinha disse...

Esse texto me lavou a alma Vinni. Emoção, reflexão e ação...♥

Rosangela disse...

Vinni,

Que texto maravilhoso, simplesmente arrasou e o mais legal que caiu como uma luva para mim em alguns aspectos, também passei para uma amiga que iniciou um novo ciclo na vida profissional.

Valeu heim!!
Obrigada.

Bjs

Patrícia disse...

Nossa, fiquei zonza de tanto pensar nestas palavras....=/ me fizeram mudar olhar pra certas coisas...brigadim

bjs
Paty

Lílian Almeida disse...

Que máximo, estava precisando ouvir/ler, essas palvras.Sabe tenho aprendido essa "arte", essa leveza e aceitação, e como vc. bem disse não é fácil, mas é tão necessária pra nossa saude emocinal.
Tenha um dia cheio de coisas boas , e muita paz no coração !
http://casascoisaseoutros.blogspot.com.br/
Beijo no ♥ !