24/11/2011

Sementes de Chia - Alfarroba

Estava a procura da Chia e da Alfarroba (tão falada por nossas amigas portuguesas)...
Dei um pulinho em Sampa e passeando no Shopping Tamboré, encontrei na Mundo verde.
Vou deixar as informações valiosas para a saúde, tá?! Depois venho com as receitinhas...


Chia

Chia é a palavra maia para designar força. São umas sementes pequeninas pretas, brancas ou acinzentadas, cultivadas desde 2600 a.C., considerada por muitos especialistas em nutrição um superalimento da natureza. Estas sementes são originárias da planta do deserto Salvia Hispanica, da família da menta, no sul do México.
São encontradas em países como o México, Argentina, Bolívia, Guatemala, Peru e Colômbia.

Na Era Pré-Columbiana, as sementes de chia eram um componente das dietas astecas e maias, e era utilizada pelos guerreiros como fonte de energia, representava a ração de sobrevivência. Duas colheres de sopa destas sementes conseguiam sustentar um guerreiro que marchava durante 24 horas. Os astecas pagavam os seus impostos com estas sementes que eram, também, usadas como moeda.

Características nutricionais:

Suave sabor de castanhas.
Possui mais fibra que a aveia.
Excelente fonte de fibras alimentares solúveis (80%) e insolúveis (20%).
Cada porção de 25g contém 6,9g de fibras.
É a maior fonte natural de ômega 3, além de proporcionar energia de forma rápida e duradoura.
Possui mais ômega 3 do que a linhaça.
Possui 5 x mais cálcio que o leite.
Possui 3 x mais ferro que o espinafre.
Possui 2 x mais potássio que a banana.
São uma fonte de proteína completa, fornecendo todos os aminoácidos essenciais de que precisamos.
Não precisa ter sua casca quebrada ou ser moída para ter seus nutrientes bem aproveitados pelo organismo.
É tão rica em antioxidantes que pode ser estocada por longos períodos sem rancificar.
Seus antioxidantes (ácido clorogênico convertido em ácido caféico) estão associados a diminuição da incidências de doenças crônicas degenerativas como obesidade, diabetes, hipertensão, etc.
Fonte de cálcio, fósforo, magnésio, manganês, cobre, ferro, molibdênio, niacina e zinco.
Não contém glúten.

Benefícios:

- Ao coração: Auxilia na manutenção do colesterol e controle da glicose no sangue.
- Atua no controle da pressão arterial
- Manutenção e perda de peso.
- Diminue o apetite, devido ao seu grande teor de fibras e enorme capacidade de absorção de líquidos.
- A capacidade de formar gel no estômago e intestino confere propriedade de diminuir a velocidade e quantidade de açúcar e gordura absorvidos.
Fonte: Grings


Alfarroba

A alfarroba, ou carob em inglês, é o fruto da alfarrobeira, uma árvore selvagem, nativa da costa do Mediterrâneo. O nome "alfarroba" deriva do vocábulo árabe al kharoubah.
A alfarroba é uma vagem comestível, semelhante ao feijão, de cor marrom escuro e sabor adocicado, que mede em torno de 10 a 20 cm de comprimento e demora em torno de um ano para amadurecer. Dentro dessa vagem encontram-se de 10 a 16 sementes, ou quilates, que na antigüidade eram utilizados pelos mercadores para avaliar o peso das jóias, em razão do seu pouco peso e uniformidade, de onde vem as palavras "karat" e "kilat".

Atualmente essas sementes também são utilizadas na indústria de alimentos na produção de gomas e espessantes. O pó que é utilizado para substituir o cacau é derivado da polpa da vagem que é torrada e moída. Esse pó, contudo, possui expressiva diferença em relação ao cacau no conteúdo de açúcar e de gordura. Enquanto o cacau possui até 23% de gordura e 5% de açúcar, a alfarroba possui 0,7% de gordura e um alto teor de açúcares naturais (sucrose, glucose e frutose), em torno de 38 a 45%.

Valores nutritivos:

- Contém vitamina B1 tanto quanto o aspargo ou morango, a mesma quantidade de niacina do feijão fava, lentilha e ervilha, e mais vitamina A do que a berinjela, o aspargo e a beterraba. Possui ainda alto teor de vitamina B2, cálcio, magnésio e ferro, bem como um correto balanceamento de potássio e sódio.
- Não possui qualquer agente alergênico ou estimulante tais como a cafeína e teobromina presentes no cacau.
- Não contribui com nenhum tipo de glúten na ingestão de dieta e que possui propriedades antioxidantes. Reduz efetivamente a assimilação da ingestão diária do excesso de colesterol.

E você, conhecia?!
Espero ter ajudado, afinal, saúde é tudibão!

Um bejim!
=)

Notas:
1. Loja: Mundo verde (Shopping Tamboré - Barueri).
2. Sementes de Chia: Gring's.
3. Alfarroba: Carob House.
4. Post programado.

12 comentários:

são33 disse...

chia não conhecia mas farinha de alfarroba gosto muito , postei hoje uma receita dum bolo ingles com essa farinha, ficou uma delicia.
bjs

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

DOMINGO FUI A FEIRA E ENCONTREI ESSA SEMENTINHA POR NOME DE CHIA O VENDEDOR ME EXPLICOU QUE ERA PARA PERDER PESO ,MAS NÃO LEVEI A SERIO E NEM COMPREI,MAS SE É ASSIM TÃO BOM DOMINGO PASSO LÁ E COMPRO PARA PROVAR!
OBRIGADA PELAS INFORMAÇÕES!
BEIJO

Cozinha da Monica disse...

Comadre, olha só quanta informação útil! ]acredita que visitei agora há pouco o blog de uma amiga portuguesa que postou um bolo feito com farinha de alfarroba e eu nunca tinha ouvido falar! Adorei conhecer! e com foto e tudo. Ótimo post.
bj.

arte da sadhia disse...

oi flor essa alfarroba e conheço e a chia conheci9 esses dias na casa da minha mãe ....ela forma uma geleia em contato com a agua que nem a linhaça né...minha mãe esta tomando e também vou começar a tomar ...vamos ver qual o resultado né ..mas muitos nutricionistas estão indicando ... legal vc ter postado
bjocas sadhia
passa lá na minha cozinha ..tem um cupcake integral te esperando bjocas

Gina disse...

Vinni,
A alfarroba é muito boa mesmo. Ainda tenho um pouco que ganhei de amiga portuguesa.
Essa empresa da caixinha é da minha cidade... Descobri depois que ganhei.
Fiz bolo de alfarroba com banana caramelada. Veja a receita lá e delicie-se!
Beijos, querida!

Jotta e Rosley disse...

Já tinha visto a Chia, mas não sabia dessas qualidades cumadi Vinni, muito obrigado pela informação. Abração!

Lourdes disse...

Eu nunca tinha visto , mas já ouvi falar.

Eh! São Paulo São Paulo. Que têm inúmeros defeitos de qualquer cidade grande mas que se encontra de tudo. Disso eu tenho saudades, das possibilidades que esta cidade nos oferece.

Estarei aguardando as receitinhas.

Bjs

Renata disse...

Quanta informação legal! Coincidência, hj mesmo estava comentando no blog "Rapa Tachos" que não conhecia a alfarroba, ela fez um bolo que parecia divino! A semente de chia tb não conhecia! Bom aprender, né? Obrigada por compartilhar :)
Bjsss

Caixa Bonita disse...

Flor, amei seu blog.. Ja estou te seguindo.

Anuncia ai no seu blog, que no meu site esta rolando uma promoção de devido ao Black Friday, que vai te domingo dia 27/12/2011.

Temos ótimas opções e presentes para este final de ano.

Agradecida.. =D

Um beijo, Gabi.
www.caixbonita.com

Gourmet e Gourmand disse...

Já vi a bruxa doce, Sandra do caldeirão, usar essa alfarroba e agora aqui.
Estou me aguçando em fazer algo com a iguaria :) Espero pelas receitas :))
Um beijo,
Queila

Cristina disse...

Olá Vinni, já ouvi falar muito, mas ainda não conhecia as propriedades, obrigada por partilhar!Amanhã mesmo vou procurar a semente de chia e introduzir na alimentação!
Bjs e bom fds...

Josiana Leite disse...

Vou procurar no mundo verdade acredita que não conhecia me sinto desemformada , mas que bom que temos amigas blogueiras para nos dar dicas boas como esta, grande abraço.