17/08/2010

Alimentando a alma: Realinhar

Aprendemos na escola da vida q somos livros...

Porém devemos ter algumas páginas omitidas e arrancadas...

assim as pessoas não saberão do conteúdo por completo...


Muito interessante partilhar uma linda capa, momentos magníficos, viagens deslumbrantes... sorrisos... relatos e fotos de uma vida perfeita...

Afinal todo mundo tem vida perfeita e livre de problemas, não é mesmo?

Dessa maneira todos se interessarão rapidamente... e se farão leitores assíduos desse livro...

por esse motivo apenas!


Descobri que não sou assim como muitos... perfeita, que tenho problemas, tenho hormônios (que insistem em tomar o lugar de boca para responder por mim)... obstáculos novos que vão surgindo e nem por isso sou pior que outrém.


Mostre um página com alguns rabiscos e anotações, ou discorra sobre suas metamorfoses...

mudanças bruscas de humor... ou de quantos problemas ainda tem para solucionar...

até Robin diria: " Santa paciência, Batman!! "


Nossos problemas não se resolvem com um passe de mágica...

Agora, a vida passa tão rápida quanto um...



Com o passar dos anos descobrimos que não precisamos da aprovação alheia para continuar vivendo... Sim, isso acontece.

E a preocupação exacerbada em deixar que certas pessoas leiam suas páginas...

que implicaria na antiga frase..."o que vão pensar de mim?"... cai por terra!

Pois a maturidade tb te acrescenta essa certeza... que a maioria esmagadora que vai elucubrar a seu respeito, deixar de pensar, falar ou se afastar... não paga suas contas!


Páginas não podem ser arrancadas e isso é um fato! Por mais que se tente arrancar algo do seu coração, de sua mente, mais essa raiz se fortalecerá e permanecerá latente em seus pensamentos...

A solução é simples, vc que deve se fortalecer... se ajudar... renovar esses tristes pensamentos... e guardar novas e boas lembranças em seu livro...


Quando a tristeza vier... a desilusão... mágoa... saudade... vc estará transformado para dizer...

Eu Sou o Livro.... e não somente uma Página...

tenho muito que ler, reler e escrever para ficar só rascunhando na mesma anotação!

Pensa que é fácil? Temos muitos vícios de linguagem... e nossa escrita tenderá ser sempre a mesma... por isso, troque a caneta, troque o bloco de anotação, tire vc da mesma estante de sempre... MUDAR é preciso!


Quem consegue mudar se torna livre...

mudar de casa, de lugar, de roupa... isso vai mostrando o desapego... que te ajuda nessa vida... principalmente quando momentos ruins forem escritos mesmo sem seu consentimento...

Por isso é preciso clamar por mudança... "... do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo...".


Precisei de um tempo, ainda preciso e descobri que estarei sempre precisando me realinhar.

Sou mergulhada em um mundo emocional... onde a amor profundo por todos e a irritabilidade por coisa nenhuma disputam o topo diariamente...


Aceitar uma doença psíquica é muitas vezes mais difícil do que uma biológica...

O "aceitar" é o primeiro de vários passos para a cura... eu creio na cura e em um Deus que pode atuar naquilo que não está mais no alcance humano.


Importante para meditar:

O aceitar que está doente não conota fraqueza como a maioria pensa...

Demonstra sim força, vontade de vencer...

Não quer dizer passividade, comodismo e acomodação...

Principio básico... ESTAR é diferente de SER...

"...Estou no momento acometida desse problema...." e não...

"...Sou doente...".


Por isso seguimos vencendo todos os dias... hoje estou mais forte que ontem... é assim que devemos escrever em nosso livro, concorda?!

Mas, e se eu cair?! “Me culparei, claro! Todos apontarão o dedo para mim...”... Não!

Anote... e leia sempre para não esquecer...

Se eu cair, me apoiarei se for preciso, me levantarei e erguerei meus olhos aos céus... pois é de lá que vem meu socorro... sempre!

Deus envia pessoas certas... proporciona forças... momentos exclusivos se você estiver disposto a escrever uma nova página...


Não arranque nenhuma folha... reescreva... há muito mais coisas boas para Deus nos dar do que os problemas para nos roubar...

Por isso decido todos os dias...

Endireitar o livro...

Realinhar...

Abrir novas páginas...

Reler o que foi escrito outrora... reconhecer os erros... as quedas... os deslizes....

Respirar fundo e me acolher em novos capítulos...

Com belas imagens... memórias olfativas... me aceitar.... e nem por isso ser impedida de mudar... melhorar!


O segundo sol é a nova chance que nasce todas as manhãs... permanece durante o dia e se coloca no horário marcado...

O Criador brilha de forma intensa para nos mostrar o caminho que devemos andar... por vezes os antigos rascunhos nos impedem de ver... mas há tempo... tempo de mudar...

Desfrute do dia enquanto a noite não chega...


Proteja somente as páginas que quer guardar no fundo do coração... as boas e belas lembranças da vida... essas não precisarão ser lidas... falarão por si em seu sorriso... em suas atitutes... em sua força quando se levanta depois da queda... e abre os braços em meio a um furacão... Deus te dá asas!


Sei que o melhor a ler são dias feitos de sol...

Não sei na sua... mas na minha vida existem dias que são nublados... se lhe aprouver venha todos os dias... leia o que for de seu agrado...

Caso contrário, espere a bonança... as belas imagens... o riso... tudo isso também faz parte de cada história e assim volte... será mais um motivo de alegria!

Estava com saudades... mas realinhá faizz bem tamén, viu?! :)

Um bejim no coração de cada cumadi!

=)

23 comentários:

Copê Gourmet disse...

Estou lendo O Segredo!
Beijos
A Cope

Fernanda Reali disse...

Oba, que bom que tu voltaste! Vim várias vezes aqui e tu não estavas. Que houve, que doença é? Será a mesma da Paty?
http://www.blogdonamelia.com/2010/08/transtorno-bipolar-do-humor-meu-buraco.html

Senti tua falta com teus lanchinhos gostosos.
bjs

calma que estou com pressa disse...

oh minha amiga Vini - não tem explicação...e tem momentos qu temos que deixar alinhar ...
eu li o texto , reli, absorvi , é como se estivesse lendo uma página do meu livro- cada vez gosto mais de ti menina - e vejo que não estou só nesta e realmente a doença psiquica é a pior, o emocional comanda tudo... e eu demorei para adimitir para mim mesma que eu precisava remédio - a nossa tarjinha escurinha né? eu estava com tanta saudade de ti, mas como entendo que cada um tem seu tempo - respeito- eu sei a dor de viver ! fiz tantos post sobre a nossa terrinha vini e me lembrava de ti e de mais uma amigas mineirims espalhadas pelo brasl, tem um video com a música do marcus viana, do terra de minas, que fala do sutaque lindo de ocês, que só entende quem vem aqui e se apaixona por vocês- e eu pensei tanto em ti, cada vez que olho aquele video - choro- com aquela música e com aquelas palavras - mesmo que eu saia de Minas um dia, eu vou leva-la comigo para sempre-
e Saiba que eu entendi tudim que tu escreveu aqui, e tu não está só não - tem mais gente assim, e sabe o que eu percebi ...que gente assim tem sensibilidade à flor da pele e entende a dor dos outros e não cobra não a tal da felicidade diára que só existe em contos de fada- a vida é isto - e nós seres dotados de sensibilidade ao extremo sofremos mais, e ainda vem a idade, os hormônios - pronto fez-se a explosão e pronto - ficasse quietinha , no seu luto que depois tudo volta - a vini volta - e eu venho aqui na alegria e na tristeza tá!
bjs

Mazane disse...

Que idéia maravilhosa, quando vier aquele pensamento, "o que vão pensar de mim?" vou lembrar - Eu sou um livro, isso é só uma pequena parte, a mim não interessa se só vão ver isso.
Nossa amadurecer é difícil, mas bem que tenho tentado, haja terapia... (blogs tb ajudam, claro!!!)

SUELY PERES disse...

Oi amiga, estava com saudades de daqui, mais estou trabalhando muito (graças a Deus)e até no meu blog estou ausente. Li seu texto , e penso como tu,não podemos omitir as páginas tristes de nossas vidas, elas também fazem parte e na minha opinião são as mais importantes pq através delas é que crescemos , amadurecemos, enfim conseguimos as vitórias e as conquistas. Não desanime, td passa e loguinho tu estarás virando mais essa página de sua vida e com certeza com uma bandeira branca de vitória em suas mãos. beijinhos carinhoso e td de bom amiga para vc.

Tida. disse...

Vinni, acho legal que você tenha voltado. Sinal de que está já na superfície. É, porque de vez em quando temos de prender a respiração e mergulhar no fundo de nós para depois poder subir e soltar o ar e respirar novamente de peito aberto.
Senti sua falta e senti uma tristeza sutil no texto sobre o Tiquim. Foi bom saber de você. É bom saber que você está de volta. Mas é melhor ainda saber que você estava aí do seu jeito, onde sempre esteve.
Sua volta me deixa feliz.
Bjs

Fla disse...

Querida, com certeza aceitar como a gente realmente é, e admitir que muitas vezes precisamos de ajuda é sempre o primeiro passo, principalmente quando o coração grita pelo contrário.
Fico feliz em saber que você está por aqui e que está "realinhando" a vida.
Eu tava preocupada com você!
Beijos e se precisar de algo é só gritar.
Fla

Rachel disse...

Amiga, tem horas que precisamos dar um tempo para nossa cabeça absorver todas as informações que colhemos.
Dar tempo para o corpo poder suportar o ritmo em que vivemos e calma para nosso coração bater mais compassado...calmo...sem pressa.
Dia após dia, só isso...e ás vezes parece demais!
Será que você me entende?

Ah...fiz tudo certo, só errei quando coloquei sentimento!
(Clarice Lispector)

Bjuss, estava om saudades!!!

Marly disse...

Salve, Vinni!

Apareceu, finalmente, hem? Já estava apensando em vir perguntar se estava tudo bem. Eu também já estou na fase de assumir que sou um livro, e faço mesmo questão de não exibir só as páginas bonitas, pois isso seria uma covardia contra mim mesma, rsrs.
Gostei das reflexões e da foto.

Beijão!

Aqui na Cozinha - Patty Martins disse...

Oi Vinni
Eu tb passei por mudanças, não internas como vc, mas no blog. Mudei tudo.
É sempre bom mudar não é mesmo.
Beijos
Patty Martins
P.S Te linkei no blogroll novo

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

VINNI VC Ñ PODE DEMORAR MUITO A APARECER POR AQUI!
QUEM VAI ESCREVER COISAS TÃO LINDAS E QUE NOS AJUDAM A PENSAR???
ADORO QUANDO VC APARECE COM TEXTOS ASSIM LINDOS!
ADOREI TE VER NA FOTO TÁ LINDA!
BEIJO

Danieli disse...

Querida, tem sorteio lá no Nossa Cozinha! Passe lá e participe! Beijocas!

Tania Forti disse...

Amore! Que saudades, não deixa de passar lá no meu cantinho e deixar suas palavrinhas doces, tá?
Fases nubladas em nossa vida são normais, pois tudo na natureza é cíclico; as estações do ano, as marés, o que importa é sabermos que depois do inverno a primavera virá, repleta de sol e de flores.
Se tiver vontade de falar, me escreve, vamos nos dar as mãos!
beijo no coração

Gina disse...

Olhe, sinto sempre a sua ausência, quando se prolonga. Fico preocupada e o pensamento viaja até você.
É bom reescrever seu livro da Vida. Ruim é deixar as páginas amarelarem, guardadas, empoeiradas e sem um linha nova... Todo dia é uma oportunidade!
Ah, você está linda na foto, só faltou o sorriso.
Bjs e fique na paz!

Luciana disse...

Oi Vinni! Tava com saudade docê amiga!!
Ah Vinni, como seria bom não ter dias nublados, mas não é assim, os dias nublados vem, muitas vezes acompanhados de ventos tão fortes que nos derrubam e só confiando e nos entregando à Deus conseguimos agarrar sua mão e levantar mais uma vez... quantas vezes tenho vontade de sumir, de gritar bem alto, de não falar ou ver ninguém... estamos sempre sendo sacudidas, e muitas vezes precisamos parar, refletir, reler nosso livro e voltar a escrevê-lo.
Que possamos estar agarradas Aquele que não nos decepciona nunca porque é perfeito, Jesus Cristo nosso Salvador.
Um grande beijo em seu coração, Lú.

...Noêmia! disse...

Vinni, que saudade eu estava de você! Já me preocupava com seu silêncio...
Vinni, lembre-se sempre que são as páginas rasgadas, os dias nublados, as situações que não gostamos muito de nós mesmas que nos fazem escrever novas páginas, ter dias ensolarados e gostarmos de verdade de nós mesmas!
A vida é assim! Tem altos e baixos, momentos bons e maus, porque se não for assim vira um tédio!
Força na peruca! Bola pra frente e vorta a prozeá que o café tá esfriando!
Beijão!
:o)

Ana Paula disse...

Oi...leio sempre o teu blog, e gostei de ver que parece que estás retornando...eu passei por um realinhamento barra pesada há uns anos atrás, e lendo as tuas palavras, parecia que me enxergava! Parabéns, vai em frente, nada melhor que um dia depois do outro...as coisas começam a se tornar pequenas e distantes e tudo entra nos eixos! E reconhecer que se está precisando de ajuda e buscá-la, é muuuito importante, mas mais importante é conseguir olhar para si e se enxergar de uma ótica externa...enxergar aquela mulher que ali se apresenta e compreendê-la...esse é o caminho! Vai firme, mulher...tu estás entrando num mundo maravilhoso de descobertas e crescimento !

tatiane disse...

Vinni, estava com saudade das suas postagens! Que bom que voltou.
Ah, como é difícil olhar para as páginas tristes do nosso livro e dizer tranquilamente: eu sou assim. Sem raiva, nem mágoa, só resignação de que a vida também tem seus maus momentos. Mas é sempre bom se reler, é a única forma de não repetir os mesmos erros. Boa leitura!
beijos e fique em paz

Renata Boechat disse...

Menina Vinni, do coração tão bom!

Cada um sabe bem escrever o seu livro da vida, um livro de verdade, não uma ficção qualquer..e isso é que vale, viver de forma plena, mesmo que algum capítulo não seja assim tão divertido, né? Mais pra frente vêem as flores, páginas coloridas,jardins floridos, e dias de sol, de muito sol!

São os dias que eu desejo à você menina querida!

Não some muito nao viu?

Abraço muito grande procê!

Maria Inês Feijó disse...

Oi Vini!!Por aqui tudo bem, naquela correria de sempre!!!Que bom estares de volta, senti tua falta!!
Bjão
Obs- Mamys está bem!!!

Beta disse...

Que texto lindo, me fez reviver muitas coisas, me fez ver que todos temos lutas e que não precisamos ser fortes o tempo todo!
Que Deus logo ilumine seu livro! bjs

Heloísa disse...

Vinni,
Que texto lindo!
Vida é isso. Nem sempre tudo está bem, mas o que importa é a postura diante das dificuldades e a consciência de que não existe perfeição o tempo todo.
Beijos.

Carol Fernandes disse...

Eita cumadi, que texto heim???? Uma sacudida boa pra todo esse povo que só sabe se lamentar e quer jogar a poeira pra debaixo do tapete. A gente tem que olhar sim, de frente pra tudo, não importa o tamanho da dor, pois como diz o nosso querido Chico Xavier "Isso também passa"! O problema amiga, é que a grande maioria tem medo, medo de encarar, medo de viver, e escolhe se esconder de si mesmo, não tem coisa pior para o ser humano que se esconder de si mesmo, vc pode ter depressão, síndrome do pânico, não querer mais sair de casa, tudo isso vc pode fazer, mas ninguém consegue se esconder de si mesmo, e aí é que vem o maior problema, se a gente não se conhece, não se aceita e não se perdoa, tudo fica mais difícil!!!
Parabéns pelo maravilhoso texto!!!
Estou percebendo o quanto vc ajuda muitas pessoas, quando vc se mostra assim, de verdade, fraca, as vezes, nervosa, outras vezes, porém sempre mulher, disposta a viver e a dar a volta por cima e seguir em frente!!!
Um beijo bem doce e carinhoso em seu coração!
Obrigada pela sua amizade!