27 de novembro de 2007

Receita: Bombom aberto

Sobremesa deliciosa e também muito fácil..:)
Essa é uma receita que aprendi nas minas gerais...

Quer anotar e experimentar?!
:]

Ingredientes
500 gr de uva Itália (ou de sua preferência)
1 barra de chocolate ao leite (usei com crocante da Garoto)
2 colheres (sopa) manteiga/ margarina
2 latas de leite condensado (usei 1 somente)
1 lata de creme de leite

Modo de fazer
Corte as uvas bem junto a cabinho para não ficar saindo líquido da fruta.
Coloque em uma panela as latas de leite condensado e a manteiga, misture e leve ao fogo até ficar como brigadeiro branco, soltando da panela. Reserve.
Derreta o chocolate em banho-maria ou microondas, acrescente o creme de leite e misture.
Montagem:Uma camada de uvas, o creme branco, o creme de chocolate. Sirva gelado.

Obs.: Cortei as uvas ao meio, tirei as sementes e deixei no escorredor para sair o líquido enquanto preparava os cremes. No creme de chocolate acrescentei depois de pronto um pouquinho de leite para ficar mais cremoso. Por cima coloquei chantilly.

Um bejim!
=)


23 de novembro de 2007

Receita: Pãozinho Fácil (temperado)

Quem olha pra foto até acha que nasci assim...padeira por natureza...
Tenho mérito nenhum não, tá?! ... essa receita é que é fácil purdimais...
No game de fazer pão, nunca consigo pular de fase...ôo fase, hein?! :/

Farinha até dar ponto....e sove até dar liga... são côôoisas pra profissional... ;)
Fui uma boa menina esse ano... já fiz meu pedido e vamos ver se ganho aquele brinquedo lindo que faz pãozinho quentinho e sozinho... =)

Meu pãozim Facim!

Ingrediêntis:
30 gr de fermento biológico fresco (só uso seco - usei Fermix)
1 xícara (chá) de óleo
1 xícara (chá) de leite (usei sem
água oxigenada..rs..piadinha, viu?:)
3 ovos inteiros
1 colher (sopa) açúcar
1/2 colher (sopa) sal
3 xícaras (chá) farinha de trigo
50 gr de queijo parmesão ralado

Recheio:
300 gr de lingüiça calabresa fresca (
'carece deu dizê q num usei?' )
1 gema para pincelar

Modifazê:
Bater todos os ingredientes no liqüidificador (
nóo q fácil). Reserve.
Retire a pele da lingüiça, frite-a para tirar o excesso de gordura.

Em uma fôrma (untada e enfarinhada), coloque a massa, a lingüiça já fria. Deixe reservada até dobrar de volume. Polvilhe queijo parmesão. Asse em forno pré-aquecido até dourar.

Obs: Não uso lingüiça pq não tem como eu separar para comer e com ela fica com cara de aperitivo. Mas, posso garantir que para o lanche da tarde fica melhor sem. Eu coloco cebolinha na massa, pois acho que orna muuuito com queijo e polvilho orégano por cima.
Com café não tem melhor. O cheiro que fica na casa é de judiar de qualquer vizinho..:]
Façam para os filhotes e para o maridão...

Um bejim!
=)

22 de novembro de 2007

Alimento para a alma!

Vida nova!

Olá minhas amigas!
Tem sido uma alegria abrir essa cozinha virtual todos os dias, pois tenho conhecido pessoas amadas e especiais. Nesse mundo tão conturbado e de tantos receios, encontramos ainda pessoas com coração que quase não cabem em si, dividem receitas, conhecimentos e acima de tudo ensinam o comprometimento com a família, coisa rara nessa vida moderna.
Quero compartilhar um momento [como diria Cinara] ''happy'' em ''my life''...rs...
(Cinara's Place tb é cultura..:)
Respeito todas as crenças, mas atribuo e creio que o que recebo vem de Deus.
Como uma boa receita, passamos por provas de fogo, somos 'amassadas', moldadas até dar um ponto perfeito aos olhos dEle e só assim recebemos o que pedimos e necessitamos.
Meu esposo é paulistano e mudei para cá quando me casei, mas depois que temos filhos, nascem conosco tb alguns receios. Amo São Paulo e tudo que recebi aqui foram presentes de Deus, mas, infelizmente não podemos fechar os olhos para a violência e o estress que isso gera.
Moro em um bairro lindo, que tem boa parte da história de minha vida do início de casamento, depois quando ganhei minha filha, dos momentos difíceis e tb maravilhosos. Coisas que aprendi nessa terra que jamais esquecerei. Talvez com o desejo de guardar só os momentos bons, alguns anos nos dispomos a comprar no interior, principalmente pela qualidade de vida e creio que o tempo de Deus chegou para nós.
Vendemos nosso apto e compramos finalmente em Jundiaí. Será um novo começo, pois nosso apto ficará pronto daqui um ano, ou seja, gostinho de casadinho de novo...:]
Nova construção, momento decoração, cheirinho de vida nova. Graças a 'Dio santo'!
E aprendi que Deus não se atrasa e nem chega antes, chega na hora certa, apesar de muitas vezes não ser no tempo que queríamos, não é mesmo?!
Para completar minha alegria estamos decidindo se esse ano de espera (pois ficarei no aluguel) se será aqui ou em Minas. Êta que Deus é bão pur dimais!!!:D
Poderei reencontrar familiares, amigos queridos, minha terra, meu dialecto...rs...
Apesar de brincar mto aqui com o 'minerês', para trabalhar em Sampa fiz Fono um tempo e não falo mais tudo 'picadin' e nem 'uai'....snif :(
Como estou em um momento 'Sílvio Santos'..."..é ritmo...é ritmo de festa...''...rs...queria passar essa alegria para vocês. Talvez alguém esteja a espera de uma realização, de um milagre, de uma mudança, de uma cura...realmente não sei, cada um tem seus anseios...
Somente digo, creia, não perca a fé nem deixe de sonhar...e espere que se não chegou o momento é pq o m-e-l-h-o-r de Deus ainda está por vir!

Um beijinho no coração de cada uma!

15 de novembro de 2007

Café, um vício!

Definitivamente eu não poderia ser barista e nem ter uma cafeteria...
pois correria o risco de falir...
Café de boa qualidade....hum...aquele cheirinho é literalmente t.u.d.i.b.ã.o!
Tomaria todos assim facim... ainda mais acompanhado por pãezinhos de queijo =)


Aqui na zona sul de sampa, abriram no shopping Eldorado...
uma franquia daquela tentação que atende pelo nome de Starbucks.
Cá entre nós...não tome o primeiro gole... côiss di lôco...vicia!
Assim tem sido nas nossas idas até lá...

As misturas são uma maravilha! Tomo sempre o Frapuccino Mocha...
e agora eles vieram com mais uma novidade... o Frapuccino Praline com amêndoas....
Além dos cafés diferentes, os quitutes para acompanhar são deliciosos!

Preparem o paladar e o bolso quando vierem pras bandas de cá...
Fica a dica!

Um bejim!
=)

14 de novembro de 2007

Receita: Sobá [Campo Grande]

No feitio dessa iguaria...temperamos e fritamos um boizinho.... :/
Tenho certeza que quem fizer vai dar show...
Nem tenho esses dotes culinários e consegui fazer minha família feliz!
Imagine as cumadis que são prendadas...


Sobá - Campo Grande

Ingredientes

1 pacote de macarrão de sobá ou udon (500 gr) [usei o Nissin para yakissoba]
8 ovos (para fazer o omelete)
1 maço de cebolinha
600 gr de carne ( lombo/contra file/filé mignon) [usei 300 gr de filé mignon]
cortado em tiras bem finas temperado somente com molho de soja
2 gengibre grande descascado (150 gr) [não usei, não tinha]

Modo de preparo

Macarrão
Cozinhe o macarrão em água fervente 3 minutos e reserve.

Carne
Frite a carne com pouco óleo (para o caldo não ficar gorduroso) e reserve.

Cebolinha
Lave, deixe escorrer a água totalmente e depois seque com papel toalha
(isto é para retirar a baba da cebolinha, escolha sempre as mais finas e novas)
Depois disto é só cortar. Reserve.

Omelete
Bata os ovos com sal a gosto e prepare como se estivesse fazendo panqueca, não tem erro.

Gengibre
Bater no liquidificador com 50 ml de água ( até ficar com a aparência de ralado).

Caldo
2 litros de água fervente
200ml de molho de soja,
1 gengibre descascado inteiro
Talo da cebolinha que sobrou (parte branquinha)
(se quiser pode colocar,
Ajinomoto, isto vai de gosto)
Tempere a gosto, use somente temperos naturais, para que o caldo não fique com gosto de artificial.
Não use alho. Deixe ferver por 40 min e nesse tempo acrescente mais água (mais ou menos 1 litro e meio) caso reduza muito.

Montagem
Faça igual a da foto. O macarrão fica na parte de baixo, essa divisão de cima é para omelete, cebolinha e a carne. Em uma vasilha coloque o gengibre ralado batido no liquidificador com um pouco de água e sirva como acompanhamento.

Rendimento: Aproximadamente 8 sobás grandes.
Aqui em casa usei ingredientes para 03 pessoas.
Macarrão da Nissin: Usei 2 placas.
Omelete: Usei 4 ovos.

Deve-se misturar normalmente (no meu caso coloquei uma pitada de sal), pense que irá fazer uma panqueca, unte a frigideira (com fundo reto) e despeje, deixando uma camada finíssima
(se tiver colocado muito, simplesmente despeje de volta na sua vasilha) frite de um lado e do outro e retire. Faça assim até terminar.
Depois de prontas, pegue uma e enrole como se fosse um rocambole, com faca afiada corte tiras finas e depois que terminar de cortar solte as tiras no prato para não ficarem enroladas.

Caldo
Coloquei 1/2 litro de água e muito shoyo e deixei fervendo em fogo baixo enquanto preparava o restante. Como a cebolinha não tinha talo, coloquei 1/2 cebola para ferver junto.

Carne
Comédia tentar ensinar como frita e deixa a carne douradinha né?! =)
Mas para todos os efeitos coloquei a outra metade da cebola cortada em tiras para fritar junto,
sei lá...se não desse certo a minha arte pelo menos iria ficar cheirosa...rs
Na vasilha que usei para servir, coloquei o macarrão, o caldo bem quente, por cima a carne, omelete e a cebolinha e joguei mais caldo por cima. Servi em seguida.
Fonte: Receita minuto.

A receita ficou bitela, mas é facim...facim! Preferi deixar o módifazê do macarrão e o restante assim... explicadim.

Um bejim!

=)

Receita:

Harussame


9 de novembro de 2007

Receita: Bolo de coco

Uma união perfeita! Para quem gosta, claro... =)
Leite condensado e coco... simples assim... calóoorico e muito bom!!

Ingrediêntis:
[Massa]
4 ovos (claras e gemas separadas) - (não separei)
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de açúcar (usei 1 e 1/2)
1 xícaras (chá) de leite quente (só tirei o gelo no microondas)
1 colher (sopa) fermento em pó

[Recheio]
1 lata de leite condensado
1 medida (lata) de leite
1 colher (sopa) de amido de milho (usei Maizena)
2 gemas (peneiradas)

[Cobertura]
3 xícaras (chá) de chantilly (usei o de spray)
Coco ralado para polvilhar

Módifazê:
Massa: Bata as claras em neve e, sem parar de bater, junte as gemas, o açúcar e o leite, aos poucos, até obter um creme homogêneo.
Misture delicadamente a farinha e o fermento e despeje em uma assadeira untada e enfarinhada. Asse em forno brando, por cerca de 20 minutos. Desligue e deixe por mais 10 minutos.
Desenforme, corte-o ao meio no sentido horizontal e espalhe o recheio preparado. Cubra com a outra parte e, com o auxílio de uma espátula, espalhe o chantilly por toda superfície e laterais. Polvilhe coco ralado.

Recheio: Misture todos os ingredientes e leve ao fogo, mexendo sempre até engrossar. Aguarde esfriar para utilizar.

Obs.: Não bati as claras em neve, apenas misturei tudo e fui agregando farinha (pra não ter que lavar a batedeira..rs) e coloquei uma pitadinha de canela no recheio para dar um leve aroma.
Usei o chantilly spray por simples comodidade.

*Fonte: Docinhos e Bolos de festa - Ed.Eclipse

7 de novembro de 2007

Sou praticamente uma Charlene!

É mais ou menos assim que me sinto por vezes...:[
Na capital nem tanto, mas em matéria de interior, comer bem é comer muito...'purdimais' sô...
'é um panelêro cheio prá modê as visita se fartá...'...Só se ouve..."come mais fia..."...
E não repetir será um 'sinal' que não gostou da 'comilança'...e isso é uma desfeita sem perdão pra cozinheira! :/
Só que o carro chefe dessas refeições é ninguém menos que a 'tar' da carne....a marvada...aff...
o curral praticamente é servido...
Tem de um tudo...bife acebolado...lingüicinha frita...torresminho....frango com quiabo...
miúdo...asinha frita...feijão tropeiro com muuuuita pururuca...êita nóis!! (Argh)
E daí chega eu...gooorda feito a Olívia e abro essa boca pra dizer:
"Uai, sou vegetariana, como nada disso não?!"
Os olhos se arregalam, o 'conversê' tá formado...é gentchiiii matutando pra todo lado... *_*
A-l-i-á-s, sou 'lacto-granjo-vegetariana', ou seja, como ovos e derivados de leite -->tentando amenizar o furdunço...(em vão).
Então as donas da 'granja' começam a ciscar do meu lado e dizerem entre si:
"Modê que essa miniina num cômi carne?! Vai cumê o q intão?! Só comi folhinha fia?! Pega um pédialfaci lá na horta..."
E olham pra mim como se eu fosse uma lagarta verde super desenvolvida....ou então sai sempre a piadinha...que na Família Dinossauro o amigo do Dino-da-Silva-Sauro tb é um herbívoro....hein?!!!
Sendo assim resolvi assumir esse meu jeito de ser dinossaura, acho que não fui extinta...
só estou em mutação... =^.^=
Modi quê não si avexêm...podi me convidá pruma festança...que eu levo minha saladinha, tá bão?! ;-)
Um 'bração bem jeitado procês!!
-->Anette, uma querida, deve ser tb uma 'Silva-Sauro' ...rs

3 de novembro de 2007

Receita: Manguaça, ops, Mousse de Cupuaçu

Nóo! É a expressão depois que tomei esse 'goró'...rs
Peguei essa pérola em um momento desses de compulsão de receitas ... resolvi fazer depois do jantar.

Aqui em casa não tomamos bebida alcóolica,
ops, não tomávamos.. :) ...
depois do cupuaçu é outra história..:]
Logo que terminei a mousse já senti um cheiro meio forte, como nunca vi a fruta achei que devia ser assim mesmo.
Coloquei na geladeira coberto por um plástico filme e servi depois de jantar... meu marido falou logo... já mais pra lá do que pra cá...rs...que eu tinha colocado álcool ali...O.o...
só se eu já tivesse bêbada, né?!...=D
Apesar de ultimamente o Brasil ter tomado leite com água oxigenada acho que não estou tão loira assim a ponto de trocar os ingredientes...:]

O que uma fruta lá da Amazônia pode fazer na casa de uma pessoa, viu?!
Dá mesmo uma leve impressão que tomamos umas e outras =)
Talvez quem tenha costume de beber não sinta... o lado bom é que não tive ressaca, mas o ruim são as caloriiias... leite condensado...
Agora, uma boa desculpa para o dia da preguiça ou para as anti-Amélias... façam essa mousse antes de cozinhar, daí é só fazer o trocadilho com o digníssimo marido, que não vai 'dirigir o fogão' pois já estão de fooogo...
"se beber não dirija" ;)

Ingrediêntis:
2 xícaras (chá) de polpa de Cupuaçu ( usei 2 saquinhos de polpa congelada)
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite

Módifazê:
Coloque os ingredientes no liquidificador e bata até virar um creme.
Retire, coloque em um recipiente desejado e leve até a geladeira.
Sirva assim, sempre gelado.

Obs: Tem um cheirinho mesmo diferente, forte, mas nada comparado ao álcool, isso é somente um 'causo' contado como brincadeira... :] ... que ninguém se sinta ofendido por isso.
Um bejim!
=)

2 de novembro de 2007

Direto pro confessionário!


Aprendi após entrar no 'consultório culinário' da praticamente terapeuta, Verena :]

Descobri que sou uma "CCR" -> Colecionadora Compulsiva de Receitas.
Antes o uso da tarja 'dinoitinha' era menor, pois tinha que gastar comprando revistas...
com a explosão de cheiros e sabores da net, comecei a ter 'tiques' de controlc/ controlv...mania, viu?! °[O.o]°
Daí que nessa fome de receitas deixei de anotar o mais importante, a fonte! :/
tipo, pessoa que nem sabia pra que servia vide-bula.. :)

Cá estou, em linha direta me confessando pois postarei receitas e não tenho como homenagear esse grupo de apoio m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o que compartilha seus conhecimentos e atenção, coisa tão rara nos nossos dias.

Mas, fica aqui meu agradecimento sempre!!

1 de novembro de 2007

Receita: Escondidinho de Salsicha

A hora passa em um piscar de olhos e se não ficarmos atentas começa o jantar e parece que nem servimos o almoço... :/
Há dias que são bem assim...como dizem nossos 'patrícios'...
"ái Jesuis!!"... :]

Prática, econômica e rápida... deixe um pouquinho no forno para gratinar e ficar a-q-u-e-l-a gostosuura! Não tenho receita na ponta do lápis e sim fui agregando conforme os
'passarinhos'que tenho em casa para alimentar...
Gosto de receitas assim, pois é bem legal quando se tem filhos e você pode trabalhar com o"mundo de Bob" deles, concordam?! O próprio nome já é sugestivo....

Então vamos lá descobrir?!! m-m-m-m
Ingrediêntis:
(Usei ) 10 batatas médias
Leite
1 colher (sopa) Manteiga sem sal
Sal

Recheio:
6 salsichas picadas
2 tomates picados
1 cebola picada
Molho de tomate pronto (tipo Pomarola)
Cebolinha e salsinha
Mussarela e orégano para gratinar

Módifazê:
Depois de cozinhar as batatas, tirei as cascas, amassei e fiz um purê com o leite, manteiga e sal.
Em uma panela fritei a cebola, coloquei os tomates, o molho, temperei e por último coloquei as salsichas, cebolinha e salsinha.

Em um refratário reguei um pouco de azeite, coloquei metade do purê, coloquei o recheio, o restante do purê, mussarela e orégano por cima.
Forno para gratinar.

Obs: O meu não ficou tão gratinado pois coloquei em refratário pequeno (as batatas parecem poucas, mas quando virar purê é praticamente a multiplicação...rs)
e daí começou a derramar e deixar algo queimando no forno...ninguém merece! :(

Um bejim!